Translate

terça-feira, 29 de julho de 2014

Tudo como antes

A Copa do Mundo foi uma festa no Rio. Até Eros, o Deus do Amor, entrou na onda, adornado por uma atmosfera de sonhos para todos os turistas verem. E Eros abriu as asas e voou...

Foto: Marcelo Migliaccio

Mas a Copa acabou, a carruagem virou abóbora, a polícia sumiu das ruas e Copacabana voltou a ser Copacabana. Não se passaram duas semanas, e cortaram as asinhas do Deus do Amor. Pelo menos uma delas foi vandalizada. E olhe que a estátua timha sido restaurada havia poucos meses.

Foto: Marcelo Migliaccio


Não se sabe se o responsável foi o mesmo vândalo, mas a pichação apareceu quase que simultaneamente. E tudo voltou a ser como antes.


Foto: Marcelo Migliaccio


LEIA TAMBÉM:

O dia em que Eros perdeu a cabeça

Até o Deus do Amor fez plástica




2 comentários:

  1. "Tudo como dantes no quartel de Abrantes", ou , se preferir, "até aí, morreu o Neves";

    ResponderExcluir
  2. E daqui para frente vai piorar, pois a poluição visual e sonora das propagandas políticas vai tomar conta das ruas. Na minha hoje apareceu o TRE e retirou dezenas de propagandas de candidatos nas janelas das casas e nos postes.
    A guerra da sujeira vai começar !!
    Cury.

    ResponderExcluir