Translate

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

É um pássaro, é um avião...

Um domingo diferente e inesperado na praia mais famosa do Brasil. 

A coisa tá assim...

Pablo Vittar é cantor.
Bolsonaro é opção política.
MMA é esporte.
Merval Pereira é formador de opinião.
Gilmar Mendes é magistrado.
Silas Malafaia é religioso.
Danilo Gentili é humorista.
Agnaldo Silva é intelectual.
Boris Casoy é jornalista.
Alexandre Frota é ator.
Estados Unidos é exemplo.
Luciano Huck é "o novo na política".
Miojo é refeição.
'Veja' é fonte de informação.
Besteirol é teatro.
Eike Batista é empreendedor.
Faustão é entretenimento.
Davi Luis é craque.
Michel Temer é presidente.
Anitta é a mulher do ano.
E Sergio Moro é o homem.

Isso é país?


Foto: Marcelo Migliaccio




segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

A folia dos reis

Um pedreiro de 30 anos apresenta a festa de Folia de Reis numa das cidades da Baixada Fluminense (RJ). Ele participa desde os oito e conta que só no pequeno município de Piabetá há sete grupos que mantêm viva a tradição.

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

João em Pessoa


Foto: Marcelo Migliaccio

O mar é verde como um carioca nunca viu. Não há violência ameaçadora como em Maceió, não é caótica como Recife, nem suja e miserável como São Luis; não é pequena e pobre como Aracaju. A capital da Paraíba convida a morar. Limpa, organizada, sem espigões de 40 andares à beira-mar...

Foto: Marcelo Migliaccio

Tem gente sem teto, afinal estamos no Brasil, mas não na quantidade industrial que se vê nas ruas de tantas cidades por aí.

Foto: Marcelo Migliaccio

Todo brasileiro deveria conhecer a Paraíba, estado de uma cultura riquíssima e pouco valorizado.

Foto: Marcelo Migliaccio

Cultura que está nas velhas construções do centro histórico, muito bem preservado em relação a outros que já visitei.

Foto: Marcelo Migliaccio

Foto: Marcelo Migliaccio


Claro, nem todas estão preservadas...

Foto: Marcelo Migliaccio

A loja maçônica sim... esses estão sempre por cima da carne seca.

Foto: Marcelo Migliaccio

A maioria dos turistas prefere olhar o pôr do sol no Rio Paraíba, que de fato é lindo.

Foto: Marcelo Migliaccio

Foto: Marcelo Migliaccio

Ou ver as incríveis falésias na Praia de Tambaba...

Foto: Marcelo Migliaccio

Mas lindo mesmo é o tom verde do mar limpíssimo de João Pessoa.

Foto: Marcelo Migliaccio

Os visitantes quase sempre levam da gente daqui só a imagem do cangaceiro estilizado que diverte o passeio de barco pelo Paraíba.

Foto: Marcelo Migliaccio

Mas eu queria Brasil de verdade e fui ao mercado municipal. Bem, limpeza não é o forte.

Foto: Marcelo Migliaccio

Mas é aqui que está o meu país de verdade.

Foto: Marcelo Migliaccio

O Brasil que almoça numa quentinha.

Foto: Marcelo Migliaccio

Que traz no rosto as marcas de ser brasileiro.

Foto: Marcelo Migliaccio

Quanta história cada uma dessas fisionomias conta sem pronunciar uma única palavra.

Foto: Marcelo Migliaccio

 Só Deus sabe... o que eu sei é que vou voltar um dia para conhecer o interior desse estado maravilhoso.

Foto: Marcelo Migliaccio

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Bloqueio libertador

Bloqueei mais de cem pessoas no Facebook. A maioria nem conheço. São fascistas, golpistas, fãs do Bolsonazi e babacas em geral que postam fotos de gente mutilada, desastres ou linchamentos. Na verdade, acho que já bloqueei quase 200.

Há uma minoria, porém, que conheço pessoalmente, alguns trabalharam comigo, outros foram colegas de infância ou de adolescência. Não tenho mais idade, tempo e saco para ficar batendo boca com gente mal educada, reacionária e que não tem argumentos para debater. Acredite, deixar esse pessoal pelo caminho faz muito bem à saúde. Desopila.

Também bloqueei alguns parentes distantes (territorialmente falando), a maioria por ser direitista raivoso ou folgado mesmo. São sangue do meu sangue mas... e daí?

Entre os ex-colegas de trabalho, bloqueei os traíras, os puxadores de tapete, os bajuladores e os que sempre se protegeram nas panelinhas das redações, sem as quais não teriam sobrevivido na profissão de jornalista. Mandei para o espaço também um cara que, sem pudor nenhum, me roubava ideias de crônicas e posts sem nem ao menos dar o crédito.

Às vezes, cruzo com um desses bloqueados no supermercado, no enterro de um amigo ou no shopping. É constrangedor nas primeiras vezes mas depois a gente acostuma.
E, afinal, pra que servem os óculos escuros?

Foto: Marcelo Migliaccio



segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Bom dia!

A quatro dias do fim da primavera, as flores esticam seu pescoço para o céu em mais uma manhã de sol na Baixada Fluminense.

Foto: Marcelo Migliaccio

As borboletas logo vêm colocar mais cores na paisagem.

Foto: Marcelo Migliaccio


E os camaleões observam esses ridículos humanos que não prestam atenção em nada.

Foto: Marcelo Migliaccio


Cidadãos apressados, incapazes de ver que há maracujás escondidos nos cinquenta tons de verde ao redor.

Foto: Marcelo Migliaccio

Em passos largos, olhar fixo no chão, carregam seus grilos na mente entumecida sem notar a magia dos verdadeiros grilos à espreita.

Foto: Marcelo Migliaccio


Tão ocupados com nada, se não notam nem os maracujás quase maduros, que dirá um botão ainda fechado no pé.


Foto: Marcelo Migliaccio

Um botão que esconde a maravilhosa flor do maracujá.

Foto: Marcelo Migliaccio

A indiferença incomoda tanto que a flor desabrocha e oferece um dos maiores espetáculos dessa natureza que os tolos nem sequer notam.

Foto: Marcelo Migliaccio

Uma obra de arte rebuscada, cheia de cores e detalhes.

Foto: Marcelo Migliaccio

Pra quem foi capaz de vê-la, a flor do maracujá deseja um bom dia.