Translate

terça-feira, 8 de julho de 2014

1 a 7



Davi Luiz voltou pra minha lista de PEREBAS! Tava mais preocupado com sua imagem no telão do que com a goleada. Falhou em pelo menos dois gols, um tremendo marqueteiro.

Não teve nem graça. Um jogo de 26 minutos. Mal a semifinal começou e já estávamos liquidados. Mais uma vez sem meio de campo. Felipão entrou com três atacantes menosprezando a Alemanha. Sem Neymar tentando resolver sozinho, nossa única jogada era Davi Luiz lançando para os atacantes, um zagueiro armando o jogo é o fim. Basta olhar para o nosso técnico e vê-se que é totalmente desprovido de inteligência. Aliás, o presidente da CBF foi filmado roubando uma medalha, precisa dizer mais?

Foi a maior humilhação da história do futebol brasileiro. Resultado de longo prazo de um esporte dominado por empresários e jogado em função da televisão, com os clubes completamente dependentes e descaracterizados, tanto na estrutura quanto em seus lendários uniformes.

A torcida almofadinha mal educada desta vez, pelo menos, não vaiou o hino alemão como fez contra o Chile. Mordidos pelo desrespeito, nossos competentes adversários teriam feito não sete, mas 14 gols no Brasil...

E, como não entende nada de futebol, a massa mauricinha elegeu Fred para Cristo. Em 1950, foi Barbosa. Agora é o Fred, que só recebeu uma bola boa na Copa e fez um gol. Mas o Bernard jogou alguma coisa? O Hulk? O Oscar? E o Davi Luiz? E aquele monte de volantes sem técnica nem imaginação?

Opositores radicais cantam em meio à algazarra alemã na cidade.

_ Dilma falhou no terceiro e no quarto gol deles! _ teria gritado um certo candidato a presidente durante uma animada festinha em Angra dos Reis.

Nada como um dia após o outro. A oposição que já acusava o governo de estar faturando com o sucesso da Copa agora vai deitar e rolar no fracasso canarinho: "O povo está triste"... "quer mudança"... "o viaduto caiu"...

Guerra é guerra.

A verdade é que nosso time foi ridículo na Copa. Empatou com o México, quase perdeu para o Chile e só ganhou da Colômbia porque Davi Luiz acertou aquele chute improvável. Não chegar à final numa Copa em casa já seria péssimo. Sair com uma goleada dessas então...

Só falta tomarmos uma coça da Argentina no sábado... ou ver os hermanos levantarem a taça no Maracanã domingo.

Agora, cá entre nós, é só um jogo, não muda nada na vida de ninguém.



Foto: Marcelo Migliaccio

25 comentários:

  1. Sejamos otimistas: 7x1 eh um recorde! (ou record??) Mas que eh, eh! Brasil!!!!

    ResponderExcluir
  2. Ja que o circo acabou, que tal pensarmos no pao? Em outubro sai a fornada...

    ResponderExcluir
  3. Uma nota: Faleceu Plinio de Arruda Sampaio. Um nome que encontro tantas e tantas vezes no livro que estou acabando de ler. Um homem publico, voltado aos menos favorecidos, honesto a ponto de abandonar o que participou para fundar, para manter a honra e coerencia. Mais que um marco, um monumento a integridade e, repito, coerencia. Hoje, o Brasil esta menor...

    ResponderExcluir
  4. Sou da seguinte opinião:
    Esse time não Fred nem cheira !! (rsrs)
    Ariel, nessa fornada tem muito pão com bromato para melhorar a aparência, mas é nocivo para o povo.
    Cury

    ResponderExcluir
  5. Capa de certo jornal carioca hoje: FORÇA NA PERUCA!!! abaixo da manchete as fotos de Davi Luiz, Dante e Willian. Amanhã eles aparecerão carecas e com a frase em destaque. ALEMANHA FAZ BARBA, CABELO E BIGODE!

    ResponderExcluir
  6. Sabado é dia de redenção, caminhos tortos se cruzarão com pernas tortas, o jogo será federal, especialmente se argentalha estiver lá...
    Queira Deus.

    Torelly

    ResponderExcluir
  7. O pior vai ser levar fumo da Argentina. A Alemanha mete 7 balas no peito do canarinho (mais que nunca, merecedor do diminutivo) e a Argentina fecha o caixão jogando a primeira pá de terra em cima... Uma seleção em que boa parte da população não sabe quem é ou de onde veio metade (ou mais) dos jogadores não é seleção: é indicação. Kia Jorabchian (é assim que se escreve o nome da figura com nome de carro coreano?) tava na platéia, do lado do mega pé-frio Mick Jagger. Empresário de 8 jogadores selecionados, fugitivo do país na época do escândalo de lavagem de dinheiro no Corinthians, Kia tava lá, de camarote, coçando a mão e doido pra contar dinheiro. E o povo no Alzirão, no Anhangabaú, em Copacabana, nos Fifa Fan Fest (circo disfarçado)...chorando, enchendo a cara pra esquecer que hoje teria de encarar o trem lotado e o fim do salário antes do meio do mês.
    Talvez a derrota tenha sido boa, utopicamente divagando... Quem sabe não acende uma luz no enorme vão cerebral da massa e os faça acordar para o Cirque du Soleil do futebol que é a CBF, a Fifa, circo itinerante que cobra um preço alto pra deitar e rolar nos verdes gramados do mundo. Um espetáculo que há muito deixou de ser do povo pra ser do interesse financeiro, do marketing, da lavagem de dinheiro, da negociata. Ao ver as faces desoladas de boa parte da torcida mauricinho ontem, fiquei pensando o que estaria passando em suas cabeças: "caramba... e eu paguei 2 mil contos pra ver esse fiasco... e a final então, que me custou sete???" Isso não é custo de ingresso; é multa, mil por gol. E la nave va...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita calma nessa hora: Ainda existe a possiblidade de levar fumo da Holanda!

      Excluir
    2. Realmente, o Fred mandou bem! Comparar o "espetáculo" do marketing,etc., da Copa, com o Cirque du Soleil (com a diferença que neste circo perfeccionista e artístico não há erros) é uma grande sacada dentre outras ótimas argumentações.Mas o melhor que li até agora é, do combativo blogueiro: "cá entre nós, é só um jogo, não muda nada na vida de ninguém". Perfeito!!!

      Excluir
  8. Calma Marcelo, a análise foi tão emocional que saiu até uma "cossa". Como em toda tragédia o que se deve fazer é aproveitar o momento para mudança. Não como querem os coxinhas de plantão que obviamente tentarão culpar o governo pela derrota num absoluto oportunismo, afinal se algo deve ser mudado neste momento é a estrutura do futebol, começando pela CBF. Felipão tem culpa também, mas o maior culpado é quem coloca como técnico alguém que acaba de empurrar o Palmeiras para a segunda divisão. Aqueles que bradam por mudança no governo, por conta de uma derrota no futebol, na verdade querem é retirar da mesa da população o pão e outras conquistas dos menos favorecidos que só se tornaram realidade com a melhoria da distribuição de renda na última década. Assim como o Brasil, a Argentina ainda não jogou bem e ao pegar um time superior como a Holanda deve perder e ganhando deles o astral sempre melhora um pouco. Mas quem disse que o futebol tem lógica? Por isso é e continuará sendo o esporte mais popular do Mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrigi, valeu. Tudo bem que não tem lógica, mas sete é demais...

      Excluir
    2. É. Deu Holanda...

      Excluir
  9. Não sou muito fã de futebol, muito menos da seleção, mas essa vai no estilo Zagallo: "Brasil se fudeu" tem 13 letras. Hahahaha

    ResponderExcluir
  10. Nenhuma surpresa.
    Time típico de pelada: tem o dono da bola, David Luis e o fominha, rei da propaganda, Neymar.
    Neymar, não, Neymar Jr. E bota "junior" nisso...
    A tal de famiglia Scolari, dessa vez, foi pro saco.
    Não adiantou nada fazer discurso otimista, de "vamos ganhar".
    Nem entrar para o "staff" da TV Globo, abrindo o Jornal Nacional junto com o puxa-sacos ridículo do seu Willian Bonemer e da poesia Patrícia, substituta da, agora sambista, Fátima Bernardes (que anda dizendo por aí que na sua "cuzinha" só entra linguiça Seara. Será? E o paio alemão?).
    Tudo errado! E desde o início. As viúvas do Neymar, que ainda choram, hão de reconhecer que um time de futebol deve ter onze jogadores, e não dois. Como aceitar que um Duvido Luis, convocado pra ser beque, jogue na seleção brasileira de lateral, de ponta, de meio campo, de atacante, batendo falta, córner e correndo pra cabecear? Só em pelada, onde ele seria o "primeiro de tudo". E a convocação do goleiro aposentado, que ressurgiu das cinzas pra barrar o do foguinho, unanimemente considerado o melhor há alguns anos? E o atacante Tricolor, que só apareceu quando jogou de beque, tirando bolas de cabeça na defesa brasileira?
    É, seu Felipão, a culpa é sua mesmo! Achou que ia ganhar mais uma copa com apenas dois jogadores...
    Quando será que o Neymar vai poder voltar a pedalar a bicicleta do Itaú, o banco da musiquinha que quase colou? Será que vamos aprender a lição?
    Ah, quase me esqueço, há um consolo para a desclassificação do Brasil: o "Legado" da Copa: agora o time da onça pintada vai poder jogar com os tuiuius no "estádio padrão fifa" no Mato Grosso, bem como teremos o clássico jogo amazonenze entre botos cor de rosa x peixes-boi, também em "estádio padrão fifa" enquanto que os Fla-Flus agora serão no Maracanico "padrão fifa", onde a torcida do urubú não tem vez e a do Flu, se quiser, vê atrás do gol, enquanto os camarotes "padrão fifa" de 80 m2 ficam vazios, disponíveis para aluguel para festas de casamento!
    André Guimarães

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gostei. Perfeito como o autor do blog.
      Amo d++++++++
      Alcinete Campos

      Excluir
  11. Falei: Levar fumo holandes no lugar de erva de chimarrao argentino, nao tem preco!

    ResponderExcluir
  12. De sete em casa, inimaginável. Os inconsequentes criminosos dirigentes e empresários tão denunciados, tão em vão, não contavam com tal desastre e mancha da história da seleção. De sete inimaginável. Menos ainda de sete do jeito que foi. Com direito a recorde dentro do recorde: 4 gols sofridos em seis minutos. Se fosse de sete, mas em campo, ao menos. Vi na preparação pra copa de 86 o Brasil perder de 3x0 pra Hungria, em Budapeste, com um nível de jogo superior a todas as seleções presentes em 2014. Renato Gaúcho abriu uma chapelaria na capital, se a mãe do bandeirinha estivesse no lugar errado, na hora errada, ele dava lençol sem dó. Maravilha de derrota linda de outrora. Certo Migliaccio: fizeram estrago a longo prazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tinha me esquecido dessa linda derrota na Hungria...

      Excluir
  13. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro, Gustavo, esse é um velho boato da internet, como muitos, que veio em 98 e agora foi repaginado e reenviado. Não vou dar asas a boatos neste blog, eles já proliferam demais no Facebook. Abração

      Excluir
  14. Marcelo, como lhe disse... estas especulações fantasiosas só servem para os coxinhas e cia... deitam e rolam, daqui a pouco vão dizer que o BNDES financiou e que os royalties do petróleo deu uma forcinha tb... a democracia é isso, cada um se posiciona da sua maneira, cabe a nós filtrarmos.

    Obrigado pela publicação...

    Grande abraço!

    ResponderExcluir