Translate

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

O declínio do império americano

No momento em que os EUA reatam relações com Cuba depois de um bloqueio genocida de 52 anos, vale a pena ver o excelente filme Homens, Mulheres e Filhos, que mostra a que ponto de degradação existencial chegou a sociedade norte-americana. Um caminho, aliás, que nós, brasileiros, estamos seguindo, colonizados que somos.


14 comentários:

  1. Realmente um filme imperdível em que pese o fato de nunca ter admirado ou imitado a "cultura" americana, desde a adolescência, ao ponto de nem tomar coca-cola rsrs e ter ido ao caricato Mc Donalds somente uma vez rsrs. Sempre fui brasófilo e com uma certa admiração/simpatia pela cultura francesa, em nível intelectual , artístico, histórico, literário, arquitetônico, cinema, moda, gastronômico (incluindo vinhos, queijos e o champanha) e estetico, "bien sûr"!,; mas com criticidade e/ou ressalvas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos, me desculpe, mas pizza e cachorro quente têm que ser com Coca-Cola!

      Excluir
    2. Meu caro...não é motivo para desculpas e você, pelo engajamento, competência,e tc... sempre estará desculpado, a priori (até provas contrárias srsrs). Para mim, nem pizza, nem cahorro quente, nem coca-cola.E estamos todos bem nas nossas saudabilíssimas diferenças e diversidades, não é mesmo? Abração.

      Excluir
    3. Sou louco por pipoca e Guaraná!!! As agências de publicidade agradecem a preferência ;-)

      Excluir
  2. Pizza vai bem acompanhada de um vinhozinho. Mas cachorro quente e Cocacola... Tô fora. Onde foi que errei??? Rsrsrs

    ResponderExcluir
  3. O poeta Renato Russo já cantava algo parecido

    Quando nascemos fomos programados
    A receber o que vocês
    Nos empurraram com os enlatados
    Dos U.S.A., de 9 às 6

    Desde pequenos nós comemos lixo
    Comercial e industrial
    Mas agora chegou nossa vez
    Vamos cuspir de volta o lixo em cima de vocês

    Somos os filhos da revolução
    Somos burgueses sem religião
    Somos o futuro da nação
    Geração Coca-Cola

    Cury

    ResponderExcluir
  4. Nossa!!! o universo esquerdista beira a esquizofrenia.......confundir ficção com a realidade e se posicionar acima do bem? Meu Deus (que para vocês não existe)..........Cuba realmente é a vítima........mesmo matando mais de 100 mil opositores, gays e cristãos. Lindo, muito lindo.
    E o embargo não existe a décadas........mas perguntar não ofende, para Cuba o dinheiro americano é bom?............hipocrisia e falta de conhecimento absoluto de uma esquerda caviar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ALÉM DE BURRO, MAL INFORMADO...

      Torelly

      Excluir
    2. Falou e disse!!!, Torelly, além do indivíduo (ou seria "indivídua"?! rrs) estar aqui de endereço errado. Não se entra em restaurante cuja comida não agrada.

      Excluir
    3. Discordo. Se o lugar eh de livre acesso, todos temos o direito.

      Excluir
    4. Prezado Ariel...que bom haver divergências , que nada têm a ver com onflitos.Cada qual no seu quadrado. Masssssss, na minha modesta conceituação, entre o certo e o errado, fico, sempre , com o conveniente.Sim, se “tudo é permitido”, porém nem tudo é proveitoso. Sim, se “todas as coisas são lícitas”, contudo nem todas são convenientes ou de bons resultados.É mais ou menos como um torcedor do Vasco manifestando-se no meio da torcida do Flamengo...é permitido, ms não é aconselhável, além de estupidamente provocador pois vascaíno, p.ex., nas ridículas e inócuas discussões , não convence flamenguista a mudar de time e vice-versa.Resumo: perda de tempo e mais nada.Política, futebol e religião, só idiotas discutem, o que não inviabiliza argumentar, refletir, conjeturar, analisar, prever, etc. Mineiros de boa cepa sabem que conversa que não se entende, não se estende.Respeito, evidentemente seu ponto de vista, mas o anônimo demonstrou, aparentemente, certo utilitarismo ou "expertise", se não me engano (como sempre rsrs)..

      Excluir
    5. Poie é (22 de dezembro de 2014 13:24), mas sempre tem as moscas na sopa...

      Torelly

      Excluir
  5. O filme é mesmo ótimo. Acho apenas que a degradação existencial retratada é um fenômeno mundial...acho que temos é que tomar cuidado e não esquecer de olhar nos olhos dos outros...

    ResponderExcluir
  6. Finalmente apareceu um presidente que, contrariando os Cubanos-Americanos, restabeleceu relacoes com Cuba. Se o embargo foi necessario, quando Cuba, subserviente da falecida URSS, permitiu a tentativa russa de "plantar" algumas ogivas atomicas, que quase levou o mundo a uma guerra nuclear, esse foi alem do tempo, em grande parte devido a forca dos cubanos foragidos, que viviam na mamata e corrupcao sob o regime de Baptista. E enquanto isso outras nacoes, como Espanha e Canada, ganhavam dinheiro investindo em Cuba...
    Querer falar do filme relacionando ao fato partece um tanto infantil... O que nao falta, mundo afora, eh gente maluca, dominadora, esquisofrenica, controladora. Isso nao eh uma esclusividade dos gringos mas sim das mudancas rapidas que fazem com que a sociedade de hoje seja individualista, social quando virtual, falsa, fria, sem sentido, sem muitas perspectivas de vida, de futuro. O mundo esta se alienando, a cada dia, mas rapido do que o anterior.

    ResponderExcluir