Translate

domingo, 6 de dezembro de 2015

Constranger Marília Pêra? Nem pensar

Quando entrevistei Marília Pêra, ela chegou na defensiva. Depois de ter sido linchada verbalmente por ter apoiado Fernando Collor em 1989, ela, com razão, ficou com o pé atrás com jornalistas. Mas foi só lembrar de O Homem que Comprou o Mundo, filme em que ela havia contracenado com meu pai, que Marília relaxou. Falou das brincadeiras entre ambos e, gêlo quebrado, iniciamos o papo.

Do que falamos, lembro pouco, apenas que ela disse estar afastada da TV na época por um motivo bem feminino;

_ Atualmente, a televisão não tem tempo para dar a devida atenção a uma atriz da minha idade _ lamentou.

Ela mostrava preocupação com a sua imagem no vídeo, enquadramentos, luz etc. Entendi, perfeitamente.

A conversa transcorreu sem intercorrências até quase o final. Foi quando, seguindo um dos postulados do jornalismo que manda deixar a pergunta mais espinhosa para o último momento, eu disse:

_ Marília, eu não poderia deixar de perguntar...

_ Só veio aqui pra isso! _ ela me interrompeu, meio simpática, meio ríspida.

Sinceramente, hoje, nem me lembro qual era a pergunta. Só sei que não a fiz. Devia ser uma besteira qualquer, pedida por algum editor a fim de uma manchete oportunista e invasiva. Não me recordo sequer em que jornal eu trabalhava.

_ Marília, acho você uma das maiores atrizes do Brasil, jamais escreveria algo que te constrangesse, pode acreditar. Deixa a pergunta pra lá.

Ela sorriu e nos despedimos.

Saí de lá feliz por poder mostrar a Marília Pêra o quanto a admirava.


Divulgação
Marília na novela Supermanoela, de 1974. Eu adorava a maria chiquinha dela

LEIA TAMBÉM:
Há perguntas que um jornalista não deve fazer



7 comentários:

  1. Depois que ela tentou persuadir os eleitores em prol de Collor, deixei de admirá-la
    Tal qual Agnaldo Rayol, Lolita Rodrigues e Nair Belo querendo convencer o aposentado a fazer empréstimo no Banco Cacique.
    Artista tipo Topa Tudo por Dinheiro eu quero distância.
    Cury

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que foi por desinformação mesmo. Nenhum de nós é perfeito.

      Excluir
  2. Se está desinformado sobre determinado assunto melhor não dar opinião.. Para mim ela é Regina Duarte são grandes precursoras do coxinismo no Brasil.

    ResponderExcluir
  3. Caríssimo Alexandre clistenes, não seria coxismo ???
    Cury

    ResponderExcluir
  4. Pode ser Cury. Mas nos blogs sujos onde normalmente eu me informo o termo coxinismo tem sido mais frequente. O importante é relembrar o papel destas duas grandes atrizes como as duas primeiras grandes coxinhas da história recente do Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas logo você que a pouco sugeriu: " Se está desinformado sobre determinado assunto melhor não dar opinião", agora diz que se informa através de blogs sujos !!
      O que é isso companheiro ?? (rsrs)
      Cury

      Excluir
  5. Ou seja, podemos concluir então que bem informados só quem se informa na mídia oficial? Obrigado mas a minha visão sobre o que é estar informado é bem diferente disso, e você sabe bem do que estou falando rsrsrs

    ResponderExcluir