Translate

segunda-feira, 27 de julho de 2015

O ídolo, pessoalmente

Nunca li nenhum livro do Monteiro Lobato, não que eu me lembre. A série da TV, também não vi, preferia o Batman do Adam West. Portanto, o lendário Sítio do Picapau Amarelo não faz parte das minhas referências. Mas o desenho do Pica-pau, vi muito. Aquele condor malandro (ou seria um urubu?) sempre levava a pior... dizem que o Picapau foi até proibido em alguns países por não ser, digamos, um bom exemplo para as crianças. Agora, que aquele sacana era bonitinho, isso era. 

O que eu nunca tinha visto mesmo é um Pica-pau de verdade. Uma vez, até ouvi o barulhinho compassado das bicadas numa árvore próxima à minha casa, mas as folhas encobriam seu autor.

Ontem, porém, em mais um domingo curtindo as maravilhas da Baixada Fluminense, a sorte bateu na lente da minha máquina. Um genuíno Picapau do Campo bem diante de mim.


Foto: Marcelo Migliaccio


Lá estava ele, fazendo um buraco num poste de madeira à beira da estrada. Lindo, corpo rajado e topete vermelho, este uma característica dos machos na espécie. Sensação semelhante só quando eu vi pela primeira vez um João de Barro na porta de sua casa. Mas o Pica-pau dá de dez em matéria de beleza. E que poder têm essas garras para sustentá-lo durante a dura jornada de trabalho... 

Foto: Marcelo Migliaccio


Seu bico, então, é de uma potência invejável. Uma pequena britadeira natural capaz de feitos admiráveis. Uma olhadinha lá dentro pra ver se está tudo nos conformes...

Foto: Marcelo Migliaccio

Pronto, "lar, doce lar", e que venha a conta do IPTU...

  video

6 comentários:

  1. Como pode um animalzinho que parece tão frágil conseguir realizar tal proeza. A Natureza é Deus!! Parabèns por ter tido a chance de estar ali, no lugar certo e na hora certa. Eu do alto de meus muitos anos de vida, nunca tive a chance de assistir tal espetáculo. Valeu!!!

    ResponderExcluir
  2. Está é uma das vantagens de ser biólogo: Bicho e planta a gente vê bastante. Quanto ao sítio do pica-pau amarelo eu até gostava, mas depois de conhecer o lado racista de Monteiro Lobato que chamava a tia Nastacia de macaca e de saber que ele foi também golpsta e apoiou o levante separatista de 32, deixei de gostar.

    ResponderExcluir
  3. Como é bela a natureza ...e sábia. Que sorte a sua tê-lo visto...aliás não conheço quem tenha visto algum, algum dia. E é um pássaro lindo, de fato, e as fotos estão igualmente lindas. Valeu o video, também.

    ResponderExcluir
  4. O meu primeiro “Picapau” eu vi quando ja’ morava aqui nos EUA. Achei ele lindo, ate’ que o FDP resolveu usar a sua britadeira natural na faixada da minha casa todos os dias de manha cedo, causando prejuizos (o concerto e’ caro!) e irritando todos que tentam dormir as 5 da manha. Pensei em matar o FDP mas fui logo desaconselhado por conta de uma lei federal que proteje os FDP’s e manda pra cadeia aqueles que atentam contra suas vidas. Conversando com os locais descobri que ninguem acha pica-pau fofinho e que se nao fosse a tal lei os FDP’s teriam o mesmo destino dos dinossauros.
    Pois e’, so’ agora aos 50 anos descobri que estava torcendo pro personagem errado no meu desenho animado preferido.

    ResponderExcluir
  5. Pelo jeito ou você gosta do pica-pau ou gosta dos EUA...

    ResponderExcluir