Translate

segunda-feira, 9 de março de 2015

África lírica

Sábado, estive na tradicional Sala Cecília Meirelles, que foi reformada e ficou linda. E melhor ainda foi a apresentação do cantor lírico Maurício Luz, que, acompanhado por instrumentistas de primeira, mostrou músicas do recém-lançado CD Ritos e Ritmos. Dono de uma voz deliciosa e potente _ além de uma elegância que chama a atenção _ Luz passeou pela influência africana nas canções que nasceram nas mais diversas vertentes americanas.

O detalhe curioso é que Luz, membro do cast do Teatro Municipal do Rio, também é dublador. Emprestou sua voz a muitos blackbusters conhecidos de nós como os desenhos Pocahontas e A Bela e a Fera.

Do gospel dos Estados Unidos ao samba carioca, o show foi algo muito diferente do que a mídia costuma nos servir diariamente.

No vídeo a seguir, mesmo gravado com celular, é possível ter uma idéia do que foi aquela maravilhosa noite de sábado.




Um comentário:

  1. Cuidado Marcelo, esse casal apesar de emplumado, não esta politicamente correto.
    Vc pode até ser acusado de homofobia....

    Torelly

    ResponderExcluir