Translate

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Grandes encontros da História XX

O rapaz só queria um autógrafo de um dos principais personagens do livro sobre as privatizações do PSDB.


12 comentários:

  1. Um ditado popular define bem a reação de Serra

    Quem não deve, não teme !!

    Cury

    ResponderExcluir
  2. Um dos principais motivos que me fazem apreciar o período que o PT vem governando o país é a coerência de seus discursos oposicionistas com suas ações como autoridade federal.Tenho acompanhado com regozijo as revisões nos processos de privatização tucanas, a condenação das falcatruas e o retorno ao erário público das quantias desviadas.Coerente também com sua visão de mundo, progressista e inclusiva, em hipótese alguma cogita conceder à iniciativa privada, serviços e demandas que sejam de competência do setor público.Exemplo ímpar é a nossa Infraero e seus aeroportos de primeiro mundo, dentre os quais destaco o Galeão, primor de eficiência operacional e de segurança e conforto aos passageiros.Nesse governo, empreiteira não tem vez.Quem constrói é o Exército.As obras para a Copa não apresentam qualquer superfaturamento e o caso da Delta é coisa armada pela direita e pelos resquícios da ditadura.Nos governos do PT, educação é prioridade.Os professores universitários estão em greve há 2 meses porque são filiados ao DEM.No front externo, o movimento bolivariano de expansão do primeiromundismo a países subdesenvolvidos(EUA, Canadá e Suiça), apresenta como modelo de gestão Christina Kirchner, reconhecida por seus peculiares métodos de governo que transformaram aquele outrora atrasado rincão em exemplo de sucesso.Vide o próprio patrimônio da mandatária, aumentado em 10 vezes desde que assumiu o trabalho hercúleo.E finalmente,como exemplo de amor ao país,marca da esquerda revolucionária do cone sul, Chavez, mesmo doente, caminha para o democrático quarto mandato presidencial, apesar das manobras oposicionistas que mudaram a Constituição local para permitir a reeleição ilimitada.

    ResponderExcluir
  3. seguramente o homem era era você disfaçado Rrsrsrsrsrrs,

    ResponderExcluir
  4. hahahahhaha como vc disfaça bem rapaz,merece um oscar...

    ResponderExcluir
  5. ah sabia que era fã de terrosristas e demagogos....mas ator não...rsrrs oscar goes to.....marcelo Petralha

    ResponderExcluir
  6. O Serra, ao IMPOR o seu nome na convencao para a escolha do candidato a prefeito mostrou muito bem que ele continua o mesmo...
    Agora, um rapaz pedir ao candidato do PSDB o seu autografo nesse livro eh algo tao sem sentido como um rapaz querer o autografo do Lula no livro O Chefe.
    Foi uma provocacao e uma reacao, tal qual a do grande Brizola quando aquela moca perguntou se ele fugiu vestido de mulher.

    ResponderExcluir
  7. Nenhuma duvida que tenha sido uma provocacao, mas o rapaz representou muito bem, infinitamente melhor que o proprio Serra no caso da bolinha de papel. Mas como bem disse algum leitor do post, "quem nao deve nao teme" e reagir de forma tao intempestiva a uma provocacao tao singela quanto essa mostra que o assunto incomoda bastante. Certamente Lula reagiria com bom humor, afinal ele tem motivos para ter bom humor, ja o Serra...

    ResponderExcluir
  8. A Petrobras caminha para o seu primeiro prejuízo em 13 anos.Culpa desses tucanos agourentos!!!!!
    Pelo fim do voto obrigatório!!!!Quero poder me abster dessa politicagem demagoga!!!!!Políticos são todos iguais!!!Aparentam serem inimigos, depois aparecem se abraçando, fazendo novas alianças!!!Acorda Brasil!!!!

    Saudações....

    Claudio_apartidário.

    ResponderExcluir
  9. Que o cara foi plantado lá não há duvidas, só acho que ele poderia ter sido melhor ator. Quando ao Serra não ter aceitado autografar o livro: absolutamente normal. Seria a mesma coisa que alguém escrever um livro sobre o Mensalão e pedir para o Zé Dirceu autografá-lo.

    ResponderExcluir