Translate

sexta-feira, 22 de julho de 2011

E os abutres pouparam o nosso nadador...



Outro dia, escrevi aqui sobre os diferentes tratamentos que a grande imprensa dá a amigos e inimigos. Agora acontece outro exemplo no noticiário sobre o vexame do campeão de natação brasileiro Cesar Cielo, flagrado num exame anti-doping usando um estimulante proibido mundialmente.

Primeiro, o atleta e sua equipe tentaram jogar a culpa numa farmácia, que teria deixado o medicamento usado por Cielo se "contaminar" pela substância furosemida. A imprensa aceitou a desculpa esfarrapada na hora, sem pestanejar, afinal preservar os ídolos é um dos mandamentos do jornalismo mundial (isso quando os ídolos não são negros e ex-favelados, como vamos ver adiante).

Mas a farmácia gritou que não tinha nada a ver com o peixe e não iria ficar de bode expiatório. Mesmo com seu álibi desmentido, o nadador não abandonou a postura confiante de que não seria punido. Entrava e saía rindo dos tribunais. E veio a esperada pizza. Um tal de Tribunal Arbitral do Esporte decidiu que o astro das piscinas é inocente. Assim, ele pode disputar o campeonato mundial em Xangai e a Olimpíada de Londres em 2012. O presidente da Confederação Brasileira de Esportes Aquáticos, Coaracy Nunes, comemorou como um gol o vexame brasleiro.

Desapontado, o diretor executivo da Federação Internacional de Natação, Coronel Marculescu, lamentou o veredicto e disse que casos semelhantes resultaram em condenações em outros países. Já o ex-campeão em Atenas 2004 Roland Schoeman, disse que houve um grande desserviço ao esporte. Segundo o sul-africano, isso pode dar margem a surgimento de outros casos, pois é um exemplo.

Mas o ídolo está preservado internamente e poderá nos trazer mais medalhas graças à patriotada tupiniquim.

Mesma sorte não tiveram no ano passado os craques Adriano e Vagner Love, perseguidos por alguns jornais sem que houvesse nada que os incriminasse. Caso bem diferente do Giba do vôlei, flagrado por uso de maconha e também preservado pela mídia que adora uma carniça mas escolhe bem.

3 comentários:

  1. A justiça pesa o ouro e sentencia o pobre, sempre foi assim.

    ResponderExcluir
  2. ADRIANO e VAGNER LOVE são POBRES por ocaso? eles foram fotografados com fuzis e eram amigos íntimos de traficantes. fora q amarraram a mulher de um deles numa árvore e ameaçaram mata-la (oq acabou acontecendo com a mulher de outro amigo deles, o goleiro bruno)

    agora, sobre o Cielo, eu concordo plenamente. muito suspeito...

    ResponderExcluir
  3. Nadador maconheiro - > http://www.semsemente.com/blog/?p=249. anarquista

    ResponderExcluir