Translate

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Breve história

Eu tinha 1 ano de idade quando começou uma ditadura militar corrupta e sanguinária que só terminou aos meus 22, com os nordestinos comendo calango pra não morrer de fome.

Depois, com 53, incrédulo, vi iniciar-se um novo tempo de arbítrio, também em benefício de estrangeiros e do grande empresariado brasileiro. Como o outro período, sustentado pela desinformação, especialidade dos velhos barões da mídia. A única diferença é que agora vejo togas em vez de fardas.


Essa ditadura atual, tenho dúvidas se viverei o suficiente para vê-la cair de podre. 


E um dia cairá.

3 comentários:

  1. Diante de tanta violência urbana no Rio, tem loucos que acham que só uma nova ditadura para acabar com a bandidagem.
    Mais esquecem que a ditadura matou milhares de pais de família, simplesmente por pensar diferente deles.
    Acabar com um problema criando outro não é a solução.
    Eu prefiro outras alternativas para acabar esse caos urbano.

    ResponderExcluir
  2. Pessoas que defendem a volta da ditadura militar ou apoiam candidatos como Bolsonaro certamente não conhecem a história do pais, assim como aqueles que não estudaram biologia matam macacos para se livrar da febre amarela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem diria... Depois de tantas e tantas discordancias, quero dizer que concordo integralmente com o seu comentario.

      Excluir