Translate

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

50 tons de verde

Foto: Marcelo Migliaccio

Quanto ao filme, a julgar pelo carnaval de propaganda na mídia, deve ser um novo 9 semanas e meia de amor, lembra? Muito barulho por nada. Não vi e detestei.

3 comentários:

  1. Pelo que dizem parece que esse consegue ser pior. O livro já era uma coisa bem tola do tipo aventuras de uma dona de casa reprimida...

    ResponderExcluir
  2. Quando digo que a humanidade está estragada e precisa acabar para surgir novos seres humanos na Terra, pensam que estou exagerando, vejam mais um exemplo dessa degradação:
    Uma mulher de 33 anos teve que ser retirada da sala do cinema por estar se masturbando durante o filme "50 Tons de Cinza.
    No final do texto Marcelo escreveu "muito barulho por nada", ai lembrei-me do filme com esse título, e deu vontade de assistir novamente, e por sinal gostei muito mais dessa adaptação da comédia de Shakespeare que de qualquer tom de cinza.
    Cury

    ResponderExcluir