Translate

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

A piscina de ondas

No final dos anos 70, a ditadura já começava a capengar mas ainda tinha seus arroubos de grandeza. Um deles foi a tentativa de recriar a praia no meio do Planalto Central. Surgiu então a piscina de ondas do Parque da Cidade, o principal de Brasília.

Reprodução
A piscina cheia em 1978
Quando mudei para lá, em 87 ela ainda funcionava. Carioca que sou, achei uma aberração, um lugar meio deprimente para quem conheceu uma praia de verdade. As ondas, geradas por um dispositivo pneumático, vinham em intervalos constantes. Uma chatice, e ainda por cima aquele cheiro de cloro na água.

Nem se comparava à piscina de água mineral, no Parque Nacional de Brasília, essa sim uma maravilha nos dias de semana, quando não está tão cheia de gente.

Mas a piscina de ondas… uma praia artificial não poderia dar certo…

Tanto que acabou.

Recentemente, estive na capital e fui dar uma volta no Parque, que é imenso e muito bonito.

E, por trás de um muro castigado e de cercas cheias de buraco, lá estava o esqueleto de uma era: a piscina de ondas.

 As roletas que eram a entrada para uma estranha extravagância.

Foto: Marcelo Migliaccio


Um melancólico cemitério de memórias infantis...

Foto: Marcelo Migliaccio


Aqui, muitos comeram cachorro-quente e beberam Mirinda, Crush ou Grapette...

Foto: Marcelo Migliaccio

Lá do fundo vinham as ondas. Aqui na frente era a "beira-mar" do cerrado.

Foto: Marcelo Migliaccio

Hoje, só uma suja poça de água das últimas chuvas. A onda passou.



5 comentários:

  1. Uma homenagem a "onda" Marina Silva ou apenas impressão minha?

    ResponderExcluir
  2. Cuidado, ela pode falar o que quiser, mas ninguém pode falar nada dela… coitadinha...

    ResponderExcluir
  3. A onda passou e no lugar dela veio o entulho e o lixo...... da pior espécie.

    ResponderExcluir
  4. Estive em Brasília nos anos 70 com minha mãe, mas não me levaram para conhecer essa piscina, e 40 anos depois, vejo que não perdi nada. !!
    Nos anos 70 eu curtia o Pier em Ipanema com meus irmãos e amigos, e jamais esqueci daquela época !!
    Cury

    ResponderExcluir