Translate

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Patriotismo candango

"Se todos os brasileiros fossem dignos de honra e honestidade, teríamos um Brasil bem melhor. Só temos uma esperança nos brasileiros de amanhã. Brasília de hoje, Brasil de amanhã"

Frase escrita no cimento por um dos milhares de operários que trabalharam na construção de Brasília, no final dos anos 50, e descoberta durante uma obra no Congresso Nacional em 2011.


Acervo Câmara dos Deputados

5 comentários:

  1. Mauro Pires de Amorim.

    Pois é, mas o Brasil tem mais de 500 anos de história da civilização ocidental judaico-cristã e pelo jeito, continua na era das tamancas lusitanas.
    Somos os últimos da classe, mas nossos políticos se acham os donos da pátria. Até puteiro tem mais compostura.
    Desse jeito acabaremos como Israel, quase 7.000 anos de cultura e civilização e também não conseguiram aprender nada com a história, pois acham que conhecem a história porque decoraram umas frases feitas. A história é um raciocínio de intelecto, onde copistas e colões. Preguiçosos em ginástica mental. Imagine a parte do corpo físico.
    E para piorar, essa gente ainda sofre de síndrome de pop star. Se acham os ícones imprescindíveis do momento. Bando de empolados da conversa fiada!
    Felicidades e boas energias.

    ResponderExcluir
  2. Aliás, o escrito do operário não poderia ser mais atual, salvo pelas últimas palavras...

    ResponderExcluir
  3. Essa imagem me fez lembrar da lindíssima música Último Pau de Arara
    "Só deixo o meu Cariri no último pau-de-arara".
    Cury

    ResponderExcluir
  4. Usando um bordão atual, poderíamos dizer sobre a escrita: Sabe de nada, inocente!

    ResponderExcluir