Translate

domingo, 1 de dezembro de 2013

Hoje só deu praia pra eles

O dia era cinza. E um domingo cinza para o carioca é a morte. Na praia, porém, havia outras duas cores, o preto e o branco. A ordem é evitar os arrastões nas areias, cujas imagens correm mundo às vésperas da Copa do Mundo no Brasil.

Foto: Marcelo Migliaccio


Tinha posto de observação aérea, que não saiu do chão.

Foto: Marcelo Migliaccio


Ninguém pra tomar um coco gelado sob a proteção divina do Batalhão de Choque.

Foto: Marcelo Migliaccio


E restou aos homens fortemente armados jogar conversa fora falando de futebol. Seria pior se estivessem sob um sol de 40 graus, com essa roupa toda, e ainda tendo que correr atrás de ladrões de celular.

Foto: Marcelo Migliaccio


Mas nada é pior do que o drama desses mineiros, que viajaram centenas de quilômetros e encontraram a praia dos sonhos assim.

Foto: Marcelo Migliaccio



 Talvez na próxima vez o sol e os 40 ladrões apareçam...

Um comentário:

  1. Talvez na próxima vez o sol e os ladrões apareçam, e a nossa polícia desapareça, como sempre faz quando precisa estar presente.

    Cury

    ResponderExcluir