Translate

sábado, 8 de dezembro de 2012

Meninas, mostrem aos homens como se faz!


38 comentários:

  1. (Sem conotacao politica): A da esquerda vem se destacando pelo que tem feito ja a da direita vem enganando pelo que tenta fazer...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um exemplo: A inflacao dela nao eh a inflacao da Argentina. E se alguma agencia divulgar isso, paga multa!

      Excluir
  2. BELISSIMAS FOTOS MARCELO,SEMPRE, PARABENS...
    Torelly

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Tortelly, És parente do Aparício, o Barão?

      Excluir
    2. eu? rsssss, só na inspiração...

      Excluir
  3. Elas estão brindando o sucesso de um governo que trabalha para o povo, e tem um altíssimo índice de aprovação dos brasileiros.

    Cury

    ResponderExcluir
  4. kkkk...eu entro aqui prá dar risadas....a música tema dos comentaristas daqui deveria ser aquela do balão mágico..." eu vivo sempre no mundo da lua " ....rssss...uma tá empurrando o país ladeira abaixo e esta semana foi criticada pela mais importante revista econômica do mundo, o nosso "pibinho" ladeira abaixo e uma verdadeira quadrilha assaltando o país, a outra está acabando de falir a Argentina, ou será que meio milhão de pessoas batendo panela em Buenos Aires a noite toda é sinônimo de prestígio?

    Marcos Pinto de Oliveira França - RJ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você deve ser daqueles para quem, se o PIB é alto, os méritos são dos empresários, se é baixo a culpa é do governo... continue acessando este blog porque rir faz bem. Abraço

      Excluir
  5. Por que esse feminismo barato?

    ResponderExcluir
  6. Este lado do Rio de janeiro (da foto), é lindo. Não sou nativo desta terra carioca, mas admiro belezas naturais.
    Sergio.

    ResponderExcluir
  7. O risonho leitor Marcos França esqueceu de dizer que o motivo do protesto contra a reeleita pelo povo Cristina Kirchner é principalmente porque o governo restringiu as compras de dólares, para tentar frear uma fuga de capital, a classe alta da sociedade está p. da vida com ela.
    Argentinos que vivem em Miami, Madri e Londres também protestaram, porque querem dinheiro gerados na Argentina para gastarem por lá.

    Dá-lhe Cristina Kirchner.

    Cury

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MUITO BEM EXPLICADO...
      Torelly

      Excluir
  8. As fotos estão lindas.

    Abraço e bom domingo.

    ANTONIO CARLOS

    ResponderExcluir
  9. Marcelo, você precisa ir lá na Argentina ver de perto o que o povo pensa da Cristininha. Ver a decadência do país depois que ela assumiu. Ela, a presidente que luta para calar a boca da imprensa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Fernanda levou o Marcelo para passear na Argentina achando que ele voltaria de lá assombrado com a Cristina. Felizmente a experiência de muitos anos de convivência com a política mesquinha que sempre se fez aqui na América Latina não lhe permitiu cair no conto do "panelaço". A população quer, entre outras coisas, emprego, casa, comida e poder estudar em universidade pública. Quem acha que o povo não pode ter acesso a aeroporto, internet, bens de consumo e shopping center faz "panelaço" ou junta meia dúzia de "mulheres ricas" para lamentar a queda do Demóstenes e ficar falando "CANSEI".

      Excluir
    2. Acho que voce esta invertendo as coisas: o povo argentino esta fazendo "panelaços" porque esta perdendo emprego e nao conseguindo outro, porque esta perdendo a moradia por falta de pagamento (incluindo ai, e muito, perdendo por nao poder mais pagar o aluguel), porque esta faltando dinheiro para comprar comida. "Achar" que isso eh coisa de gente que acha que o povo nao pode isso ou aquilo eh querer brincar com a dolorosa realidade na qual a Argentina se encontra, cuja presidente tenta esconder.

      Excluir
  10. Interessante que a revista econômica mais importante do Mundo não consiga ajudar a Europa a resolver seus problemas. Passeatas como essa na Argentina tem muito por aqui também conhecida como "Cansei" feita pelos clientes da Daslu (aquela da sonegadora de impostos) ou pelo movimento "Viva Rico".

    ResponderExcluir
  11. Grande encontro histórico.
    Marcos Lúcio

    ResponderExcluir
  12. Pode ate ser Ariel, mas a gente nao esta la para acompanhar de perto e la como ca os meios de comunicacao mais poderosos sao altamente parciais. Afinal de contas falam muita coisa parecida da Dilma, mas qualquer pessoa relativamente bem informada sabe que nao eh verdade. Portanto, recomenda-se muita cautela nesse tema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu filho e esposa moraram em Buenos Aires por dois anos, a trabalho, e sentiram na pele (e no bolso) o arrocho. A populacao esta, a cada dia, mais pobre. Com fome e sem conseguir ver uma luz no fim do tunel. A coisa ta feia!

      Excluir
  13. Ha controversias. O Marcelo esteve la recentemente e nao percebeu isso tudo. Eu estive no ano passado e tambem nao. Parece a historia do direitista que vai a Cuba e so ve pobreza. Eu estive em Cuba e vi dificuldades, mas vi um povo alegre, com educacao e saude de qualidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voces "foram la". Ele "viveu la". Se existe alguma controversia, eh ideologica. Foram dois anos morando la que serviram para que meu filho e esposa (ambos trabalhando e convivendo) ver que a situacao social e economica esta indo pro brejo.

      Excluir
  14. Da mesma forma que tem muita gente que vive no Brasil e nao consegue admitir os grandes avancos que o Brasil obteve nos ultimos 10 anos. Nao estou afirmando que seja esse o caso, apenas quero dizer que muitas vezes nosso olhar pode estar enviesado. O fato de ser agnostico me ajuda a nao acreditar de primeira em tudo o que me falam, sem antes checar a veracidade das informacoes. Se fosse assim hoje eu seria cristao...

    ResponderExcluir
  15. O fato eh que o governo da Cristina vem fazendo coisas... Coisas erradas! O lance da ocultar a inflacao se nao eh a pior e a mais perversa coisa que ela esta fazendo. Perversa porque vai jogando o poder aquisitivo do povo no poco. Vai fazendo com que, dia apos dia gaste mais para comprar o mesmo. O pao e o leite sao dois exemplos. eles tem um preco dentro do calculo da inflacao usado pelo governo. Esse preco "parou no tempo" mas seguiu aumentando nas padarias e supermercados. Assim como isso, generos de primeira necessidade. E para evitar a realidade, existe uma multa ($500.000 pesos) para qualquer instituto, orgao ou o que seja, que divulgue dados inflacionarios, pelo uso de uma lei que nao se aplica ao caso mas... (Informacoes passadas pelo filhote que viveu por la e checadas na web). A inflacao real esta em torno de 25% contra a ficticia, a da Cristina, de 9%! Assim o povo, e pior ainda, os menos favorecidos, cada dia que passa estao tendo que comer menos.
    Existe um "IBGE" argentino, sob controle do governo, que vem apresentando uma inflacao pela metade da real, faz alguns anos. Quem mais sofre eh exatamente quem tem menor poder financeiro. Foi assim com uma familia que morava no ap. ao lado do meu filho. Tiveram que sair por que nao tinham mais como pagar o novo aluguel com o que recebiam. A coisa esta MUITO ruim por la!

    ResponderExcluir
  16. Por dever de justiça volto aqui para deixar escrito que além de entrar aqui para rir da esquerdopatia de vários comentaristas ( sou ex-petista ,curado , juro ) eu também entro aqui para ver as maravilhosas fotos do Marcelo e suas deliciosas crônicas ( quando o assunto não é política ).
    P.S. Mais um vexame para os nosso hermanos , a fragata da Marinha argentina Libertad foi apreendida num porto africano durante uma viagem de instrução dos militares por falta de pagamento de uma dívida do governo , que vergonha..!!!!...imagine um navio de guerra brasileiro retido no exterior por falta de pagamento ou calote do governo....kkkkk....é isso que a Barbie maracujá de gaveta está conseguindo...
    Marcos P.O. França - RJ

    ResponderExcluir
  17. Clarin nervosin enquadrado na lei de médios. E governo tá mal também, ao que parece, com graves problemas. Graves problemas potencializados, selecionados pelo nervosin. Ou seja, a motivação do nervosin não é por justiça, não há preocupação social. É que com mídia democratizada, vai ter que dividir grana com, por exemplo, revistas como a THC, a primeira canábica da América do Sul. Drum

    ResponderExcluir
  18. Mujica, aconselha às meninas! Drum

    ResponderExcluir
  19. Nem tanto nem tão pouco Ariel. Esse "IBGE" paralelo ao qual você se referiu foi criado pelos partidos da aoposição argentina e portanto seria mais ou menos como um tucano analisando o governo Lula. Continuo afirmando que cautela e canja de galinha...Mas enfim, há pouco em outro comentário, afirmei que neste blog a palavra é livre e digo isso com satisfação. Entretanto, por conta dessa liberdade as vezes nos deparamos com comentários um tanto quanto ofensivos. A forma como o Sr. Marcos França se posiciona passa-me a nítida impressão que ele considera divergência em relação ao seu modo de pensar, um doença que pode ser curada com algumas participações em um culto evangélico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe se nao consegui me expressar bem. Esse "IBGE" que comento chama-se INDEC (INDEC.GOV.AR) e nao eh paralelo mas sim do governo.

      Excluir
  20. Eu entendi isso, o paralelo é o que foi desenvolvido pela oposição à Presidente Argentina. No caso seria um "INDEC paralelo", mas só muda mesmo o nome, o mais importante é conhecer sua origem e a quem ele está servindo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois eh ai que a coisa pega. A inflacao oficial esta sempre abaixo dos 10%. O que ocorre eh que qualquer outra empresa, instituto, banco, sindicato, enfim todas as outras que nao a indec, apontam para uma inflacao acima dos 20%! E la se vao 7 anos com essa manobra do governo; com essa mentira oficial, que vem formando um bolsao de miseria pois, repito, quem mais sofre sao exatamente os menos favorecidos. A Argentina caminha a passos largos para mais uma crise financeira e social por consequencia de um governo fraco e mentiroso.

      Excluir
  21. Quer dizer que ha 7 anos todos os "indecs" paralelos e os meios de comunicacao do tipo globo/veja tentam desmascarar os indices de inflacao oficiais do governo argentino e a presidenta continua firme no governo, tendo sido inclusive reeleita? Desse jeito vou acabar fa da Cristina rsrsrs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai entender o povo argentino... Os hermanos, por exemplo, deram a presidencia para o Menem por duas vezes.
      Tambem foram manipulados de tal forma que apoiaram a loucura dos militares em relacao as ilhas Malvinas (concordo que a Argentina possue o direito sobre as ilhas) quando a ditadura ja estava podre. Os milicos inventaram uma guerra para desviar a atencao do povo, que caiu como pato...

      A Cristina nao foi uma excecao no momento em que tentava a reeleicao, que acabou conseguindo. Tinha 70% de aprovacao no momento da reeleicao. Hoje nao chega a 43% e segue caindo.

      Mas nem tudo esta em queda na Argentina, sob a administracao da Cristina. Esta em alta a inflacao, o desemprego, a inseguranca, a corrupcao.

      Os indices de inflacao, outros que os do Indec, estao tendo as suas divulgacoes proibidas por meio de artimanhas. Existe uma lei que nao se aplica mas esta sendo usada para proibir outros, que nao o Indec, de divulgar. Como ja escrevi, quem divulga corre o risco de ser processado pelo governo e de pagar uma multa de mais de R$200,000.

      Eu nao poderia ser fa de uma pessoa que usa de metodos ilicitos e a forca do poder para esconder a verdade do povo. Ela noa continua "firme" no governo. Ela esta apenas ocupando o cargo para fazer merda. E isso ja comecou a feder.

      Excluir
  22. A lei da midia acaba de ser declarada constitucional na Argentina diminuindo o monopolio da comunicacao. Mais uma vitoria da Cristina...

    ResponderExcluir