Translate

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Fim de festa

Hoje, o Rio teve o dia mais quente desde 1915.

Na Inglaterra, há 73 anos não chovia tanto.

Em Pelotas e em Porto Alegre, calor infernal, assim como na outrora temperada Curitiba.

Na Rússia, 80 morreram de frio e mais de 250 foram parar no hospital. E olhe que eles estão acostumados com baixas temperaturas. É como um senegalês morrer de calor.

No Brasil, os noticiários da TV mostram diariamente pais e padrastos espancando até a morte filhos pequenos, bebês às vezes.

E somos mesmo campeões. Agora, assumimos o posto de país onde mais se consome crack no mundo.

Na Cidade Maravilhosa, saúde, educação e transporte estão uma porcaria, mas há obras bilionárias por todos os cantos, afinal, as empreiteiras e os políticos precisam faturar.

No quintal dos vizinhos paulistas, tiro ao alvo em policiais virou o esporte da moda.

E um fabricante de cerveja se tornou o homem mais rico do Brasil. Deixou Eike Batista de pires na mão. Na base dessa nova fortuna, está a propaganda de álcool, a droga "socialmente aceita", liberada em qualquer horário na TV para a criançada ver!

Intolerantes e vaidosos da Índia e do Paquistão disputam com seus semelhantes israelenses e árabes quem vai detonar primeiro a derradeira guerra nuclear.

Nos países bálticos o neonazismo se prolifera e não há quem consiga impedir.

O "esporte" que mais ganha adeptos no planeta consiste em tirar sangue da cara do outro com socos, chutes e cabeçadas.

Na área cultural, a única "novidade" é o anúncio da trilhonésima turnê dos Rolling Stones.

Explodem os índices de estupro e de gravidez adolescente não só no terceiro mundo, mas também na Europa e nos EUA. Por aqui, o aumento de casos notificados foi de 157% nos últimos quatro anos. Só  os notificados... todo mundo só pensa naquilo...

Por falar em Estados Unidos, por lá jovens levam  à escola lápis, borracha e fuzil AR-15.

Do outro lado do mundo, na China, crescimento econômico recorde rima com poluição planetária e trabalho quase escravo.

Quase um terço da riqueza do mundo está em paraísos fiscais, pois pertence ladrões, corruptos de toda espécie e traficantes.


E ainda dizem que os feiticeiros Maias erraram na previsão...




14 comentários:

  1. É, o fim do mundo é uma questão de interpretação.

    ResponderExcluir
  2. É O AEON!
    É O AEON...
    É O AEON?
    É O AEON.

    ResponderExcluir
  3. Faltou mencionar os titulos internacionais do Corinthians, grande sinal do fim do Mundo. Mas pode ficar tranquilo que o fim do Mundo acontecera em tempo geologico muito acima de nossa existencia. Ate la a especie humana estara extinta e com ela irao todas essas formas de agressao ao planeta que voce citou. Resta saber o que vira depois de nos???

    ResponderExcluir
  4. A coisa anda tão feia que não sei o que seria pior: o mundo acabar ou continuar existindo.

    ResponderExcluir
  5. Sem problemas Marcelo, mudanças globais acontecem no mundo periodicamente e o que as torna mais ou menos trágicas são as interpretações que se fazem delas. Lembro-me que em 2005 morreu um monte de gente na Europa por conta do calor, agora é o frio e vida que segue...A espécie humana que hoje vem causando grandes males ao planeta, certamente um dia será extinta e o mundo continuará sem ela, e consequentemente sem estas agressões que ela vem causando ao longo de sua existência.

    ResponderExcluir
  6. O mundo agoniza e morre todos os dias, sem dúvidas, porém, prá sorte ou azar de todos os seres vivos, sempe renasce, nesses ciclos de nunca ter fim, restando-nos, viver todos, até o silêncio definitivo, enquanto matéria, de nós- mesmos.
    Abraço.

    ANTONIO CARLOS

    ResponderExcluir
  7. Desgraça para uns, alegria para outros. As armas continuam liberadas nos EEUU. Abriu-se o comercio de Coletes e Mochilas à prova de balas para os colegiais. As vendas estão " bombando"!.Yves.

    ResponderExcluir


  8. Se não foi , ou se não é o fim do mundo, nos ótimos exemplos que você postou, assim como o comentário de Yves...é, certamente o FIM DA PICADA OU O FIM DA LINHA OU A FALTA DE LUZ NO FIM DO TÚNEL.

    Para dar mais exemplos da insanidade dos tempos modernos (merdernos?!), o Vítor Sapienza disse:"(...) no carro ao lado, um som ensurdecedor. Talvez o jovem acredite que o som deva entrar no corpo pelos poros, nunca pelos ouvidos... E a qualidade da música? Não vamos ao ritmo, mas ao conteúdo. Conteúdo? Palavrões, seguidos de outros palavrões, numa cadência em que o chulo e o duplo sentido tomam o lugar da sensatez.
    Na rua, na escola, no transporte coletivo, no trabalho, no estádio de futebol, no show "artístico", na “balada”, nada é diferente. Desapareceu o saudoso hábito de ceder o lugar aos mais velhos, desconhece-se a elegância de dar preferência à mulher, e a mulher, por sua vez, talvez não tenha consciência disso. Aceita a deselegância, adota o palavrão, adere ao modismo, à deseducação, e não se faz respeitar.
    Desapareceram os conceitos de autoridade, respeito, educação. As atitudes em família nem sempre são as mesmas nas ruas. O comportamento coletivo ignora o individualismo e, em grupos, ou em bandos, a agressividade predomina. E a consequência é que a família apenas percebe a gravidade dos fatos quando recebe a má notícia, e tem de ir a uma delegacia ou ao necrotério saber o resultado da omissão ou da falta de atenção para com os filhos".

    Não precisa ser pior...o fundo do poço já foi ultrapassado, na minha despretenciosa avaliação...e quem (sobre)viver verá! O Jung tinha razão: O IMPOSSÍVEL ACONTECE(lamentavelmente)
    Abraço
    Marcos Lúcio

    ResponderExcluir
  9. Vc se escondeu por causa do fim do mundo?
    Aguardamos seu retorno, pois ainda nao foi dessa vez...
    Abraço, Torelly

    ResponderExcluir
  10. QUE PAPAI DO CÉU NOS BRINDE COM SAÚDE PARA CONTINUARMOS ACESSANDO BOAS LEITURAS.
    FELIZ 2013 À TODOS, QUE COMO EU SÃO LEITORES ASSÍDUOS DESSE BLOG E UM ESPECIAL OBRIGADO AO MARCELO.
    Sergio.

    ResponderExcluir
  11. Tô chegando. Obrigado e feliz ano novo a todos que por aqui passam

    ResponderExcluir
  12. Volta logo Marcelo, seus textos estão fazendo falta !!
    Feliz Ano Novo para todos.

    Cury

    ResponderExcluir
  13. Fala, Marcelo!!!

    Feliz 2013 para todos nós!!!

    ResponderExcluir