Translate

quinta-feira, 5 de abril de 2012

O pior é que é verdade

Não dá pra acreditar.

O governador do Rio permitiu que a empresa que administra a Ponte Rio-Niteroi assumisse o controle das barcas.

Quem precisa cruzar a Baía de Guanabara agora depende da boa vontade desses prósperos empresários (devem ter o carnê da multiplicação do apóstolo Waldemiro Santiago de tão bem aventurados que são...).

E o mais inacreditável é que a empresa que administrava as barcas, e continuará com 20%, é do grupo 1001, que se fez com linhas de ônibus que passam pela ponte.

Ou seja, está tudo em casa. Com as barcas ruins, eles ganham, pois a turma vai de ônibus e, agora, com a ponte ruim, eles ganham, porque os passageiros vão apelar para as barcas.

Isso é a economia de mercado, sempre baseada na acumulação e no favorecimento a grandes corporações. E o cidadão tem sua livre iniciativa, é só escolher entre o forno e a frigideira.

4 comentários:

  1. O governador prepara mais uma "sacanagem" para o contribuinte e se manda para o Vaticano para entregar uma miniatura do Cristo Redentor para o Papa. (???)
    Ele deveria ter vergonha de fazer isso com quem lhe paga seu salário e banca suas mordomias.
    Cury

    ResponderExcluir
  2. E, nas barcas, agradecem a preferência dos passageiros, como se houvesse opção real. Marco

    ResponderExcluir
  3. O governador (?) eh um classico exemplo de como a midia joga sujo quando quer. Voce leu alguma coisa negativa a respeito dele?

    ResponderExcluir
  4. ISSO É MAIS UM SINTOMA DE COMO NOSSO PLANETA AINDA NAO ESTÁ CIVILIZADO, NAS MÃOS DE PESSOAS ATRASADAS. NÓS PRECISAMOS FOCAR NAS SOLUÇÕES, CONHECENDO O MOVIMENTO ZEITGEIST E O PROJETO VENUS. AQUI UM EXEMPLO DO QUANTO PODEMOS EVOLUIR, NO DOCUMENTARIO PARAISO OU EXTINÇÃO.

    http://www.youtube.com/watch?v=KphWsnhZ4Ag

    ResponderExcluir