Translate

sexta-feira, 14 de março de 2014

A fantástica fábrica de salsichas

Foto: Marcelo Migliaccio

Hoje...

Todo mundo se veste igual, porque vê a mesma novela
Pensa igual, porque lê o mesmo jornal
Morre igual, porque come as mesmas porcarias

Pare!

Não seja mais uma salsicha na multidão.

Seja qualquer coisa, um nabo, um pimentão...

Mas salsicha, não!

9 comentários:

  1. Para não ser mais um salsicha na multidão, você deve primeiro se livrar dessa água que o mantem imóvel na lata, essa água pode ser muitas coisas ruins que você lê, compra, come, ouve,...diariamente.
    Livre-se dessas coisas que o aprisionam, liberte-se e seja feliz..
    Cury.

    ResponderExcluir
  2. Que felicidade saber que não sou todo mundo.Parece até que não sou deste mundo rs...não vejo telê...não vou a shoppings, não como porcarias "maquidonaldianaseotrasmais", etc., até porque sou rês desgarrada, ovellha negra e nado rio acima rs. Sempre digo: vão indo que não vou!!!...e quando o povo está indo pro sul, já estou no norte -e bem - faz tempo rs.
    Marcos Lúcio

    ResponderExcluir
  3. prefiro ser um torrão de açúcar... mascavo!

    ResponderExcluir
  4. Certamente por isso, Miami é um dos destinos prediletos dos brasileiros. Precisamos reconhecer que os EUA são muito eficientes em produzir "salsichas" assim como tudo que se propõem fazer como shoppings, outlets, matar índio, pilhar, escravizar, etc. Tirei meu visto para lá por motivos profissionais, mas, felizmente até hoje não precisei usar...

    ResponderExcluir
  5. Pois é meu caro Marcelo, um pouco de visão crítica sobre tudo que nos rodeia ajuda muito não nos transformarmos em homens ( e mulheres) salsichas!

    forte abraço
    c@urosa
    PS: Primeiro passa é ler o blog Rio acima, bom final de semana amigo.

    ResponderExcluir
  6. Prezado Marcelo, por falar nisso, você saberia dizer se há algum movimento de alguém ou de algum grupo com o objetivo de se fundar um novo jornal na cidade? Já passou da hora, não? Quanto tempo mais ficaremos reféns de um único jornal? Será possível que o número de pessoas que reúna um mínimo de inteligência, vontade de acertar e capacidade de analisar e escrever não é suficiente para tal? Exitem outras opiniões na cidade ou no país?
    André Guimarães

    ResponderExcluir
  7. Desconheço movimentação para criação de um novo jornal. Estamos mesmo carentes. Abraço

    ResponderExcluir
  8. Mauro Pires de Amorim.

    Pois é, esse povo aí até parece militante de partido socialista europeu.
    Um bando de burgueses e burguesas chatos, enfadonhos, entediantes e entediados, que para tirar onda de gente boa, faz caras e bocas nos partidos socialistas da Europa.
    Mas como a genética da arrogância de quem se acha estirpe de raça superior não mente, tiram onda de socialistas da Europa que deu certo economicamente e fazem narizinho empinado, além de caras e bocas.
    Pera aí!!!!!!! Europa que economicamente deu certo? E então a tal crise econômica por lá é factoide!!!!!! Ou será ataque de chilique de dondoca burguesinha que não gosta de trabalhar e como se acha da raça superior, pensa que o Estado tem que bancar, subsidiar o ar de sua graça e existência?
    Pois é assim que a direita neoliberal pensa!!!!!
    Portanto, na Europa não existem socialistas expressos em partidos políticos. O que existe por lá é o ruim e o menos ruim, a bosta e cagalhão, pois a burguesia neoliberal domina a política por lá. Os mais ricos e poderosos, são representados pelos partidos de centro e direita, mais tradicionalistas e os menos ricos e poderosos, recalcados e invejosos por não estarem no mesmo nível sócio-econômico dos detentores desse status quo, tiram onda de socialistas, mas na verdade todos os dois são um bando de burgueses e burguesas disputando entre si o poder político, enquanto o povo de verdade, se não se foder na mão de um governo, se fode na mão do outro governo.
    Portanto, partido socialista europeu é igual a socialista utópico, socialista de conto de fada, metido a gente boa para esconder sua prodigalidade delirante em ser um grande predador. E a direita, o centro-direita, esses são declaradamente e assumidamente grandes predadores.
    Felicidades e boas energias.

    ResponderExcluir