Translate

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

A coisa tá assim...

Pablo Vittar é cantor.
Bolsonaro é opção política.
MMA é esporte.
Merval Pereira é formador de opinião.
Gilmar Mendes é magistrado.
Silas Malafaia é religioso.
Danilo Gentili é humorista.
Agnaldo Silva é intelectual.
Boris Casoy é jornalista.
Alexandre Frota é ator.
Estados Unidos é exemplo.
Luciano Huck é "o novo na política".
Miojo é refeição.
'Veja' é fonte de informação.
Besteirol é teatro.
Eike Batista é empreendedor.
Faustão é entretenimento.
Davi Luis é craque.
Michel Temer é presidente.
Anitta é a mulher do ano.
E Sergio Moro é o homem.

Isso é país?


Foto: Marcelo Migliaccio




Um comentário:

  1. Sem dúvida é um país. Mas que certamente mergulha em direção ao conservadorismo e rumo a perda de direitos sociais e trabalhistas. Tudo isso com o apoio de coxinhas e paneleiros que pela falta de cérebro não perceberam que o golpe era também contra a maioria deles...

    ResponderExcluir