Translate

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Sempre o PT

Um direitista ferrenho é eleito presidente da Câmara e a grande preocupação do dia seguinte é como votaram os deputados do PT. Há quem diga que os petistas deram pelo menos 30 votos para esse golpista, parceiro de Temer, Aécio, Gilmar e companhia.

Só queria lembrar que o PT não é o espirito santo institucionalizado. É composto de pessoas cheias de defeitos e qualidades. E ficou ainda mais composto de pessoas cheias de defeitos depois de chegar ao poder e passar 13 anos com a chave do cofre. A cobrança implacável de retidão e coerência que se faz ao Partido dos Trabalhadores atesta por si só sua grandeza.
 
Comenta-se que, agora que foi apeado do Palácio do Planalto na marra, está sofrendo uma desfiliação em massa pelo país. É uma depuração muito bem-vinda, o PT não precisa de aproveitadores e oportunistas. Já vão tarde.

É natural que, com o nocaute que levou, o partido fique perdido. Mas nem se tivesse três vezes a bancada que tem o PT elegeria Erundina.

O importante não são as pessoas que hoje têm um mandato, nem como votaram na Câmara. Tudo isso passa.

O que importa é a ideia que deu origem ao PT. Um ideal de justiça social e igualdade de oportunidades. Esse nunca morre.

PS: eu não sou do PT, apenas tenho votado nele ultimamente.

3 comentários:

  1. Temos afinidades eletivas com relação à esta questão política.

    ResponderExcluir
  2. Seria muito bom se a esquerda se unissem a candidatura de Marcelo Freixo, mas infelizmente me parece utopia unir a esquerda carioca e brasileira.
    Cury

    ResponderExcluir
  3. ENQUANTO O BRASIL TIVER, UMA DAS MAIORES CONCENTRAÇÕES DE RENDA DO PLANETA SOU DE ESQUERDA. OUTRO DIA ALGUÉM DISSE QUE O PROBLEMA MAIOR DO BRASIL NÃO É A CORRUPÇÃO, E
    SIM A CONCENTRAÇÃO DE DINHEIRO NA MÃO DOS RICOS.

    ResponderExcluir