Translate

segunda-feira, 14 de março de 2016

Acho que ferrou

O golpe está dado. Dilma sairá em alguns dias, talvez semanas. Fizemos o possível. A esquerda não fará atos como os de ontem. Só uma multidão nas ruas no dia 18 reverteria o quadro. Os parlamentares golpistas e os cegos da Justiça ganharam moral.

E não devemos nos animar por Aécio e Alckimin terem sido postos para correr pelos coxinhas. Isso pode ser um recado de que eles preferem os militares. De mais a mais, passeata que apóia Moro não pode ser visita com otimismo sob prisma nenhum.

Tem muita gente lavando as mãos em cima do muro e isso nos custará 54 milhões de votos, jogados no lixo.

A democracia será abalada, todo mundo agora vai se sentir no direito de tirar presidente na marra, a esquerda inclusive.


A verdade é que Lula escolheu mal. Dilma não se comunica, não compõe, não aglutina. Ela teria que tirar um coelho da cartola, mas acho que nem cartola ela tem. Parece estar prostrada em seu gabinete aguardando a ordem de despejo.

Esquerda que não compõe com os tubarões dança. O governo tem que estar sempre molhando o bico deles, senão eles derrubam. E aí ficam sozinhos, mandando através de seus prepostos, como aliás aconteceu de 1500 a 2002.

Na fase seguinte, o povo, de tanto levar na cabeça, elege a esquerda de novo.

O ciclo recomeça e se a esquerda não compõe com os donos do pedaço...

Não adianta governar só para os pobres. Pobre não apita nada, não protesta, acha que nasceu pra se ferrar mesmo. Só quer saber de novela, cerveja e Cheetos, ou então de culto evangélico. Se bobear, ainda ajuda a derrubar o governo que mais o ajudou.



Foto: Marcelo Migliaccio

13 comentários:

  1. Infelizmente o Bernard Shaw vaticinou lucidamente : "Se a história se repete, e o inesperado sempre acontece, quão incapaz precisa o homem ser de aprender com a experiência?". Parece que tudo leva a crer no seu preciso diagnóstico (sim o povo está doente da cabeça e não vê o óbvio). De qualquer maneira vou à rua dia 18, fazer a minha parte mínima neste trágico desfecho. Triste país. Tomara que haja um milagre e a coisa se reverta ou se...


    ResponderExcluir
  2. Esqueci de complementar. Estes canalhas golpistas , se retomarem na mão grande o poder, vão piorar em muito a situação e, claro, vão colocar a culpa no PT "pela década perdida". Dá náusea pensar nisto...mas...la nave va.

    ResponderExcluir
  3. Se está ruim com ela, ficará pior sem ela.
    Cury

    ResponderExcluir
  4. Adeus Dilma e que não volte nunca mais !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente ela não vai voltar em 2018, porque já venceu honestamente 2 eleições, mas já o Lula, acho que ele ganha a próxima !!!
      Cury

      Excluir
  5. Mais um valentão que se esconde no anonimato da Internet...

    ResponderExcluir
  6. que isso, agora que abrincadeira vai ficar boa, democratas X golpistas. "nada de correr da raia...afinal de contas não tem cabimento entregar o jogo no primeiro tempo...". Dividir e conquistar a todo vapor, os Antifa X Skinheads...Vamos a luta!

    ResponderExcluir
  7. Também vou a rua fazer minha parte. Mesmo sem esperanças não quero saber que contribuí para o maior golpe da história do Brasil. Considero maior..porque em 64 o povo não tinha acesso a informações de outras fontes. Dependiam única e exclusivamente do noticiário oficial. Hoje a ignorância se da por opção o que e em termos de desgraça insuperável. Abraço Marcelo... Seguiremos

    ResponderExcluir
  8. Agora pegou...
    http://oglobo.globo.com/brasil/stf-suspende-posse-de-lula-mantem-investigacoes-com-moro-18914707

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gilmar Mendes sempre detestou o PT, gostei quandoJoaquim Barbosa deu-lhe uma bronca, ele ficou com a cara bestial de sempre.
      Cury

      Excluir
  9. Ainda existe sensatez no judiciario: http://www.conversaafiada.com.br/brasil/juristas-entram-com-super-hc-para-lula

    ResponderExcluir
  10. A politica possue uma dinamica que nem Newton conseguiria explicar: Se, por exemplo, pela manha um politico esta num "beco sem saida", a tarde ele tera nao uma mas algumas portas para abrir.
    O fator Cunha (na sua pessoal tentativa de procrastinar a sua quase certa saida da presidencia e a sua defenestracao do cargo) acabou agilizando algo que, eu pensava, nao iria progredir: O pedido de impeachment da presidente e, por conseguencia, a sua substituicao pelo nefasto Temer, um aliado.
    Na minha opiniao a presidente e o seu vice iriam ter muitos problemas oriundos do TSE, com elevada possibilidade da anulacao do resultado da ultima eleicao. Se assim fosse, tambem teriamos o Cunha sem carater ocupando a presidencia por um periodo de 90 dias antes de uma nova eleicao. Sem esquecer que, caso o Cunha fosse impedido de assumir, na sequencia, teriamos outro politico de carater duvidoso, o Renan, assumindo.
    Todas as opcoes sao podres!
    Alem do que, no caso de uma nova eleicao, teriamos a possibilidade de um radical da direita ocupando a presidencia ou outro corrupto, vestindo pele de cordeiro. Uma "sinuca de bico"...
    Quanto ao ex-presidente, ao aceitar o cargo oferecido e com isso o foro privilegiado assinou a sua confissao de culpa (embora os que o defendem preferem argumentar que evitou a "perseguicao politica" que vem sofrendo...). A jogada, ate este momento, esta sendo um verdadeiro tiro no pe mas, como a dinamica na politica eh quase inexplicavel, fica dificil opinar sobre os proximos acontecimentos. No momento aguardamos uma palavra do STF.
    Ocorra o que ocorrer, vivemos uma situacao surreal. Enquanto isso o Brasil, ja no buraco, parou de vez.
    E, novamente, teremos uma decada perdida. E, como sempre, o Gigante continuara adormecido em seu berco esplendido...

    ResponderExcluir
  11. Transcrevo:
    Até agora a melhor sugestão que ouvi: Unificar Brasil , Argentina e Uruguai. .colocar o Macri de presidente o Mujica de vice...teriamos uma seleção de futebol com Neymar, Messi e Suarez...maconha liberada e o papa. :o))

    ResponderExcluir