Translate

domingo, 19 de outubro de 2014

Passeata pró-Aécio no domingo


32 comentários:

  1. KKKKKKK!
    Pois ontem, aqui em BH, teve Lula em um comício repleto de pessoas de todas as idades (impressionante o número de crianças!), todos os tipos, todos os movimentos verdadeiramente sociais que, sob um sol de mil graus, voltou a se emocionar com nosso eterno presidente-operário e saiu dali em festa com a certeza da vitória.
    Abraços fraternos,

    Wanda Rodrigues

    ResponderExcluir
  2. SOU AÉCIO DESDE PEQUENININHO E ESTAVA COM O AVÔ DELE NA CANDELÁRIA PELAS DIRETAS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A caixa alta é indelicadeza ou para que a gente acredite que o fato do avô ter apoiado o movimento por eleições diretas torna o neto um grande democrata? Na verdade o que temos visto na relação entre Aécio e os parentes é um alto índice de nepotismo.

      Excluir
    2. Sim, e dai?? Como Tancredo participou pelas diretas, deve estar se revirando no tumulo pelo que faz e defende seu netinho... Também estava la e a favor. Pelo seu voto, o sr estava las era contra.

      Excluir
    3. Torcedor. Maluco!!

      Excluir
  3. Aguarde essa vitória então, Wanda.

    ResponderExcluir
  4. É AÉCIO.
    Dilma abaixo tanto o nível dos debates que está mostrando a bunda para o país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E você baixou o nível ortográfico, além de não ser nenhum primor de educação. drum

      Excluir
    2. Mas p pais GOSTA de bundas... Só vc é que não gosta...

      Excluir
  5. Aquele boneco branco na passeata pro-Aecio, e de neve mesmo ou e de outra coisa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse boneco veio no avião do Perrela que posou no aeroporto do titio.

      Excluir
    2. Deve ser justamente e também por este motivo , Felipe, que a mineirada esclarecida, (que de boba não tem nada) e que assistiu ao video dele bebum e trocando as pernas do Cervantes, em Copacabana...chama de Cheirécio, Póécio, aecim do pó, etc...o perigoso candidato playboyzão caipira que bate em mulher, além do preferido dos pitboys, classe "mérdia", elite americanizada...e alienados de plantão.

      Excluir
  6. Pena que esses bonecos não podem ler o texto "Dez coisas que o Brasil vai perder se eleger Aécio Neves" de Flávio Aguiar escrito na Carta Maior, mas nós podemos ler acessando o link:
    http://www.cartamaior.com.br/?/Coluna/Dez-coisas-que-o-Brasil-vai-perder-se-eleger-Aecio-Neves/31976
    Cury

    ResponderExcluir
  7. Passei de skate pela meia dúzia, desviei pra esquerda, pra ciclovia, quando um militante, bandeira nacional na mão, distraído, na urna e na vida, atravessa a pista de repente na minha frente, quase provocando espetacular trombada. drum

    ResponderExcluir
  8. Cara, vi umas fotos e fiquei mais convencido ainda, que Dilma vencerá a eleição. Em um domingo de sol, praia cheia, Copacabana e o cara, cercado de gente famosa, reúne meia dúzia de playboys e mal consegue chamar a atenção de banhistas e ainda por cima, é incapaz de descer do caminhão para ir de encontro ao povo....?! A atividade de campanha de Aécio ontem, mostrou aos cariocas quem ele é.

    ResponderExcluir
  9. Monte de playboy e patricinhas com cachorrinhos no colo.... Vão tomar uma lavada da Nova Classe Media Brasileira...

    ResponderExcluir
  10. Havia esquecido que passeata era monopólio do PT.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada mais ridículo e irreal do que este comentário. Você argumentou, ou arjumentou???

      Excluir
  11. Passeatas são feitas pelo movimento LGVT, pelos defensores da discriminalização da maconha e por qualquer um que tenha respaldo de um grupo e motivo para fazê-lo. Portanto, ninguém tem o monopólio das passeatas, mas, é realmente ridículo ver playboys, coxinhas e patricinhas pedindo mudança em nome de um candidato que só representa retrocesso.

    ResponderExcluir
  12. Temos coisas muito mais ridículas por aí .....

    ResponderExcluir
  13. Direto ao ponto, Gregorio Duduvier, dá um tapa de luva de pelica em um playboy desconhecido do meio artístico, mas que frequenta com assiduidade as páginas policias... Por gentileza, leiam o texto publica pela Folha...

    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/gregorioduvivier/2014/10/1535038-chupa-dado.shtml

    Concordo com Humberto Barreto... há coisas muito mais ridículas por aí... talvez o playboy alvo do texto do Duduvier se identificou com o playboy que tentou mobilizar uma população vacinada em plena Zona Sul do Rio... em comum? O esporte preferido dos valentões, machistas de plantão.

    Abraços.

    Petra.

    ResponderExcluir
  14. Não é porque tem gente idiota no mundo que eu terei que ser idiota também...

    ResponderExcluir
  15. Opinião: Um Voto Crítico, Mas Convicto


    O direito à oposição e o anseio pela alternância de poder são pressupostos básicos de um estado democrático. Desejar e acalentar o sonho de mudanças também é uma natural aspiração de todo cidadão.
    Acho o governo Dilma criticável, como todo governo o é. Acho o PT criticável também, como todos os partidos o são. Como todo brasileiro, anseio por mudanças que urgem, embora reconheça que há mudanças políticas em curso neste governo que são louváveis. De qualquer modo, embora Dilma tenha seus pontos vulneráveis, não vejo adversário digno de sucedê-la. Mudar por mudar não me parece conveniente. Um dos argumentos mais usados pelos detratores da atual presidente e seu partido é o de que “estão há muito tempo no poder”. Esquecem que os tucanos há 20 anos ocupam o trono do governo de São Paulo (e há tempos vêm cometendo pecados sem perdão como o desmando irresponsável que gerou a crise de abastecimento de água no estado), isso sem falar nas oligarquias do Maranhão, há 48 anos roendo o osso do poder, e a de Alagoas, há outros tantos anos se perpetuando na política local (e estes casos nem devem ser levados em conta, pois, além de antidemocráticos, são imorais).
    Um governo comprometido socialmente deve dirigir o olhar primeiramente aos desfavorecidos, aos excluídos do jogo social, isso é óbvio. Este governo que aí está fez isso. E o que não faltam no Brasil são pessoas vivendo em quadro de pobreza extrema, privadas dos direitos básicos de cidadão, massa de manobra barata para oligarcas usurpadores. Quando o buraco é muito fundo – e o fosso social no Brasil é pra lá de fundo -, não há como não ser assistencialista, infelizmente. Uma das frases feitas que mais me indignam neste pobre debate político (debate entre aspas) é a máxima hipócrita de que “é melhor ensinar a pescar do que dar o peixe”. Ora, como ensinar a pescar um sujeito devastado pela fome e pela doença?
    Outro argumento usado à exaustão é o da corrupção, e não podemos nos enganar - todos os partidos, quando ocupam o poder, caem em tentação, para nossa desgraça. A diferença básica neste Fla-Flu de corruptos é que os do PSDB seguem impunes, os do PT nem tanto. Só a punição exemplar desses bandidos somada à vigilância social mais ferrenha poderá fazer banir esta "cultura da corrupção" que hoje impera no país, ou ao menos reduzir os seus índices.
    Zeca Baleiro

    ResponderExcluir
  16. Continuando o lúcido e excelente texto do Zeca Baleiro...

    Não sou petista nem sou apegado a partidos ou candidatos. Voto com independência. No primeiro turno, meu voto foi dividido entre candidatos do PSOL, do PSB e do PT. Isto me parece coerente. Se nos próximos anos aparecer uma grande e confiável liderança política de outro partido, não hesitarei em mudar meu voto, desde que seu projeto tenha viés socialista, único projeto político que penso ser viável no mundo de hoje. Isto também me parece coerente.
    O que não me parece coerente é ver a ex-candidata Marina Silva, arauta da “nova política”, anunciando seu apoio à candidatura Aécio Neves. Todos sabemos que a sua trajetória de luta contra os barões malfeitores do Acre a aproxima ideologicamente mais do PT, e não foi à toa que ela assumiu a pasta do Meio-Ambiente no governo Lula. Isto que ela agora faz é velha politicagem, jamais nova política. Sabemos para onde miram os políticos do PSDB, e no que vai resultar um novo governo tucano (e faço questão de afirmar o mesmo repúdio às alianças eleitoreiras do PT com velhos caciques paroquiais como Sarney, Collor e Calheiros).
    Se a intenção de parte do eleitorado era destronar o PT e Dilma a qualquer custo, então que votasse num partido mais à esquerda (sim, eles existem) e não num partido que reza na cartilha do datado neoliberalismo que levou à convulsão social e ao desemprego massivo países europeus sólidos como França e Espanha, e que quase levou o Brasil à bancarrota, na era FHC. Este, por sua vez, sociólogo pós-graduado na Universidade de Paris, tem como hobby disparar frases infelizes, como a recente declaração preconceituosa e separatista sobre os nordestinos e seu voto, segundo ele, catequizado. Com todo o respeito que possa merecer, o ex-presidente está na Idade Média da Sociologia. Avançamos muito nos últimos anos em termos de “pensamento social”. Não há porque retroceder.
    Votarei em Dilma e, caso ela seja eleita, terá em mim um crítico implacável de seu governo. É assim que entendo o que chamam de democracia. O resto é balela.
    P.S.: Peço aos internautas que queiram comentar, criticar ou divergir do meu texto, que o façam civilizadamente, com argumentos embasados, não com ofensas ou baixarias. De baixo, já basta o nível do debate dos nossos candidatos na corrida eleitoral.
    Zeca Baleiro
    (17 de outubro de 2014)

    ResponderExcluir
  17. Reproduzi o excelente texto do Zeca Baleiro e aproveito para dar esta notícia:

    Datafolha: Dilma tem 52% dos votos válidos e Aécio, 48%
    Na pesquisa anterior, o tucano tinha 51% e a candidata à reeleição, 49%
    Jornal do Brasil
    20/10/14

    Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (20) para a corrida presidencial mostra que a candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PMDB), ultrapassou numericamente Aécio Neves (PSDB) nesta reta final de campanha. Dilma tem 52% dos votos válidos e Aécio, 48%. No levantamento anterior, realizado entre os dias 14 e 15, Aécio tinha 51% e Dilma, 49%, o que mostra a escalada ascendente da petista e a tendência descendente do tucano.

    ResponderExcluir
  18. Uma professora petista do ensino fundamental explicava aos alunos o "ser petista". Pediu que levantassem a mão todos aqueles que fossem simpáticos ao partido.
    Todos os alunos, por temerem represálias, levantaram a mão, exceto um menino que estava sentado no fundo da sala.
    A professora olhou para o menino com surpresa e lhe perguntou:
    - Joãozinho, por que não levantou a mão?
    - Porque não sou petista! - respondeu.
    A professora perguntou de novo:
    - Se não é petista, então com quem se simpatiza?
    - Com os tucanos! - respondeu com orgulho o menino.
    A professora cujos ouvidos fanáticos não podiam dar crédito a algo assim, exclamou:
    - Joãozinho, me diga: porque és simpático aos tucanos?
    O menino muito tranqüilo respondeu:
    - Minha mãe é tucana, meu pai é tucano, meu irmão é tucano, por isso eu também sou tucano! - arrematou.
    - Bem, replicou a professora - Mas isso não é um bom motivo. Você não tem que ser tucano como seus pais. Por exemplo, se sua mãe fosse uma vadia, seu irmão um meliante, vagabundo e contraventor e seu pai um fraudador ladrão de DINHEIRO público, o que você seria?
    - Bom... Aí sim, certamente eu seria um petista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eis os argumentos e o nível dos que votam no Aécio Neves… precisa dizer mais?

      Excluir
    2. Esse pelo menos colocou o nome. Entre as características tucanas, e considerando que o nome seja verdadeiro, pelo menos não pode ser chamado de covarde...

      Excluir
  19. Essa geladeira é tua mesmo Migliaccio?

    Torelly

    ResponderExcluir