Translate

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Gol de placa da polícia

O gol mais bonito desta Copa do Mundo não foi feito por Messi, Neymar ou Cristiano Ronaldo. Foi da Polícia Civil do Rio, que, com o Ministério Público, prendeu uma quadrilha graúda que fraudava a venda de ingressos há quatro copas.

Os mafiosos, liderados por um argelino que vivia como rei, foram presos justamente no Brasil, país conhecido pela corrupção, impunidade etc. Nossa polícia foi padrão Fifa e desbaratou esse esquema milionário de venda de ingressos, que rendia, pasmem, R$ 200 milhões por mundial, o suficiente para que a quadrilha passasse os quatro anos seguintes sem "trabalhar".

Segundo o promotor do caso, as escutas telefônicas mostram que o esquema tem raiz dentro da própria Fifa, entidade que chegou ao Brasil dizendo que o governo merecia "um pontapé no traseiro" por causa do atraso das obras. Aliás, os aeroportos e os estádios estão aí, ao contrário da previsão da revista semanal que pensa que o leitor é cego. No auge da sabotagem, ela publicou que a obras só ficariam prontas em 2038 (alguém ainda acredita nessa revista?).

Voltando ao esquema fraudulento da Fifa, as escutas revelaram também que teve gente da comissão técnica da seleção brasileira repassando ingressos de cortesia para que os cambistas vendessem. Se a Justiça apertar, o negócio vai feder ainda mais...

Quanto aos 11 presos, como não são do PT, logo um juiz brasileiro vai soltá-los.

Não importa, o gol de placa da nossa polícia e do nosso Ministério Público foi marcado.

A Copa é um sucesso, os estrangeiros estão adorando a festa. Se a iniciativa privada que vai administrar os estádios não der calote no governo, o dinheiro investido voltará aos cofres públicos.

E a imprensa tucana mais uma vez pagará um mico enorme por ter apostado no fracasso da Copa no Brasil.

6 comentários:

  1. E as pesquisas já refletem o sucesso da Copa com a subida da intenção de voto na Dilma. Tudo indica que o golpe do quanto pior melhor fracassou...

    ResponderExcluir
  2. E quem é a Craque desta Copa? D-I-L-M-A!!!! O Kajuru sempre usou um ditado: Dependendo de quem profere o insulto, ele se torna um elogio. O bando de almofadinhas, revoltados por um país mais justo, se deram mal. E até o jornal com nome de biscoito, teve que dar o braço a torcer e divulgar que 76% dos entrevistados de uma pesquisa condenaram o xingamento a Presidenta.

    ResponderExcluir
  3. Mais uma vez a Polícia Civil está de parabéns, por isso sou a favor da unificação das polícias (PM e Civil), mas os coronéis vetustos da PM não deixam isso acontecer !!
    A imprensa marrom vai imputar ao governo Dilma a queda do viaduto em BH, aguardem.
    Outro dia em Ipanema abriu na calçada uma cratera e ameaçou alguns prédios, o Metrô se eximiu da culpa, e a imprensa calou-se, imagina se fosse obra do gov. Federal !!
    Cury

    ResponderExcluir
  4. Pois é, apesar de toda castração mental, apesar de estar sendo pasteurizada, desnatada, desodorizada, feminilizada e por isso mesmo descaracterizada, a seleção deslanchou, deslanchou pq milhares de anos de evolução nao são destruidos por falsas premissas dos q querem subverter a ordem natural do ser humano...

    Torelly

    ResponderExcluir
  5. Apesar de reconhecer que Neymar vai fazer falta e que nossas chances diminuem com a sua ausência, não sei se alguém já olhou por esse prisma, mas essa contusão ajudará a Dilma no caso de não conquistarmos o título. Se a seleção ganha será um sinal enorme de superação. Se perder foi por uma fatalidade e não por falta de luta e blá blá blá...Com isso o orgulho de ser brasileiro continua em alta, a mídia não vai poder dizer que a copa foi um fracasso por que perdemos e aqueles influenciados por ela ficarão mais a vontade para dar mais quatro anos de crédito à presidenta que fez a Copa das Copas.

    ResponderExcluir