Translate

quinta-feira, 25 de julho de 2013

À espera do papa

Sete da manhã, um frio de 11 graus e lá estavam os primeiros peregrinos tomando um lugar para ver o papa celebrar uma missa em Copacabana.


Foto: Marcelo Migliaccio



Os chilenos, acostumados, nem batiam o queixo. Tão cedo que nem a PM havia chegado...

Foto: Marcelo Migliaccio


Mas a Marinha já estava a postos, protegendo as fotos que um dia serão mostradas com orgulho aos netos.

Foto: Marcelo Migliaccio


Os súditos preparam o suntuoso palco. Será que os faxineiros são católicos? Ou frequentam a Igreja Universal?

Foto: Marcelo Migliaccio



Com paciência, sono e frio, a espera de 12 horas está apenas começando.


Foto: Marcelo Migliaccio

9 comentários:

  1. Marcelo, voce ja leu isso? http://www.jb.com.br/pais/noticias/2013/07/24/cabral-arrasta-dilma-para-baixo-nas-pesquisas/
    Tem momentos, como esse, que eu acho que o JB realmente acabou e que a diferenca entre ele e o globo esta no nome. Agindo de formas opostas estao, na verdade, produzindo o mesmo tipo tendencioso de noticia. A condessa deve estar dando voltas no caixao...

    ResponderExcluir
  2. É preciso muita fé e muita disposição para aquentar a via crucis para ver o Papa.

    Cury

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mauro Pires de Amorim.
      Prezado Cury, concordo com seu comentário, mas afinal pessoas simples do povo estão demonstrando mais uma vez que estão afim de fazer sacrifício.
      Só quem não está afim de fazer sacrifício são os partidos políticos e seus políticos, uma vez que, o único esforço que fazem é para auferir todo e qualquer lucro, seja diretamente para si, seja para o(s) grupo(s) a quem devem favores e que possibilitaram sua eleição.
      Essa é a moeda de troca da bolsa de valores da política. Usar o poder e influência no exercício do cargo público para angariar facilidades e pagamentos aos seus compadres e comadres. Quanto ao resto, que se exploda. É uma falta de senso ético e vergonha na cara total.
      Felicidades e boas energias.

      Excluir
  3. Oi Marcelo,

    Fiquei pensando, de onde esses jovens tiram tanta disposição e alegria. Acho que é da fé mesmo, só pode ser. Eu, que já não sou tão jovem assim, e na verdade bem longe disso, fico admirada.

    Eu também vi no JB a manchete sobre a Dilma ao lado do Cabral, e fiquei meio desanimada. Tem sido uma questão pra mim, onde buscar as notícias.

    Abraços,
    Sandra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se preocupe, Sandra, o povo sabe quem lhe fez bem. O resto é marola da imprensa. Classe média leitora do Globo e da Veja não ganha eleição.

      Excluir
  4. A lama de Guaratiba é a cara de Sérgio Cabral !!

    Cury

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mauro Pires de Amorim.
      Mais uma vez concordo com você e complemento. A lama de Guaratiba é a cara da política brasileira!
      Deve ser castigo de Deus pelo fato de adiarem tanto a questão da entrada em vigor da emenda da Ficha Limpa e ficarem inventando perdões e anistias para os(as) colegas.
      Enquanto no resto do mundo civilizado se pensa e fala em neocorporativismo, no sentido de não se blindar os maus colegas por mancharem o nome e a imagem da corporação e instituição a qual pertencem, aqui no Brasil, o corporativismo ainda é usado para tampar a peneira com o sol e acobertar golpistas, salafrários, corruptos e mau caráter.
      Felicidades e boas energias.

      Excluir
    2. Que maldade, Cury! A lama merece algum respeito po!

      Excluir