Translate

terça-feira, 20 de março de 2012

Notícias do front evangélico

Esquentou a guerra entre as igrejas evangélicas Universal do Reino de Deus e Mundial do Poder de Deus.

Domingo, a Record, que é da Universal, exibiu longa reportagem sobre as fazendas que o apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Mundial, teria comprado em Mato Grosso com o dinheiro dos fiéis. O repórter Marcelo Rezende sobrevoou uma das propriedades, dentro da qual, segundo ele, caberiam duas cidades de Jerusalém.

Rezende estimou o rebanho (bovino) de Valdemiro em 5 mil cabeças. A maior das propriedades teria custado R$ 29 milhões e sido paga a vista, pela igreja, sendo logo depois arrendada por Valdemiro.  Ao mesmo tempo, a reportagem exibia vídeos de cultos em que Valdemiro, em lágrimas, pedia mais contribuições dos fiéis para que seu programa continuasse no ar. Numa das cenas, ele roga a 7 mil pessoas para que doem R$ 1 mil cada para a "obra".

Foi um serviço bem feito, impactante, convincente. Como bom pistoleiro de aluguel, Rezende, claro, faria o mesmo contra o bispo Macedo se ainda estivesse na Globo. Mas hoje ele veste a camisa da Universal, e beija o escudo...



A Record reprisou a reportagem várias vezes e, com ela, bateu a audiência do Fantástico no último domingo. Mesmo com o programa da Globo exibindo imagens de empresários corruptores que atuam no ramo da saúde pública.

A resposta de Valdemiro veio rápida. Na segunda de manhã, ele já estava sobre um certo monte, que ninguém disse onde é, cercado de pastores. De óculos escuros e chapéu de vaqueiro, ele disse que a Record forjou os documentos de compra e venda da fazenda e que sua assinatura em nenhum momento foi mostrada. Disse que houve corrupção de funcionários públicos. Alegou ainda que nem pagou a primeira parcela da compra e negou que os alugueis de mais de 50 templos de sua congregação estejam atrasados, outra acusação de Rezende.

Ajoelhado, Valdemiro gemeu, mas também ironizou.

"Eles estão mal de Ibope, nunca vão passar a Globo. Estão até apelando para mostrar um cara feio que nem eu. Daqui a pouco, como a audiência subiu, vão me chamar para a Fazenda", disse, em referência ao reality show da Record que reúne famosos numa roça.

E, para arrematar, chamou Rezende de "Marcelo Resenha".

Apesar das gozações, Valdemiro acusou o golpe. Foi uma acusação difícil de explicar, mas, se Macedo só cresceu depois de ser atacado pela Globo, não será surpresa se os cultos da Mundial ficarem cada vez mais cheios agora. Citando a Bíblia, comparou-se a Jesus Cristo, vítima de calúnias.

Templo da Igreja Mundial em Botafogo, Rio. Foto de Marcelo Migliaccio


Universal e Mundial estão literalmente se engalfinhando. Outro dia, adeptos de ambos os lados foram parar numa delegacia do Rio após acirrada batalha campal.

Ex- pastor da Universal por cerca de 18 anos, Valdemiro agora chama o bispo Edir Macedo de alcoólatra e criminoso. O rival faz sessões de exorcismo em demônios que se dizem aliados de Valdemiro.

Da arquibancada, RR Soares, da Internacional da Graça de Deus, Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, e outros líderes menos votados, só esperam a rebarba, as defecções. Pode sobrar alguma coisa até para católicos e espíritas.

Leia e veja vídeos em Rebanho em disputa

E, acredite, o bispo Macedo publicou um texto meu no blog dele em 2010:
O poder da Universal está no ser humano

10 comentários:

  1. Ambos os lados têm toda a razão. Pagamos os que não temos nada a ver com essa bobagem, essa estupidez, ao constatar que um meio de divulgação importantíssimo como a televisão vem sendo empregado dessa maneira deprimente. Só acontece neste país. Marco.

    ResponderExcluir
  2. É como eu sempre falo: eles estão fazendo a parte deles, que é pedir dinheiro e fazer lavagem cerebral. Se há quem acredite e caia nessa, paciência.

    ResponderExcluir
  3. Outro dia, no canal Nat Geo se não me engano, passou uma reportagem mostrando um ex-falso-exorcista. Confessando toda a farsa, dizendo-se arrependido. À época, segundo ele, justificava-se a si mesmo, com o argumento de que tudo o que muitas pessoas precisam é de alguém pra lhes dizer: - Pronto, vc está curado, o mal não mais lhe habita etc. A meu ver é tão somente isso. Acreditando-se não estar bem, o cérebro trabalha nesse sentido. E faz o corpo sofrer. Recebendo nova informação, o sistema nervoso se encarrega de 'exorcizar o coiso ruim'.

    E o povo se desagrega defendendo grupos que nada têm de religiosos. Afinal, religião não significa religar? Então. Inúmeras igrejas, talvez a grande maiorida das que se dizem cristãs, só fazem encher o saco e jogar uns contra outros.

    Drum

    ResponderExcluir
  4. Essas brigas são altamente produtivas para a população, pois revelam o lado podre de pessoas que muitos acham que são impolutas.
    Imaginem se os políticos brigassem dessas forma, nós ficaríamos sabendo de muitas coisas "obscuras" desses que dirigem as nossas vidas e que a imprensa geralmente esconde.
    P.S. Acharia mais produtivo se eles resolvesses se matar.

    Cury

    ResponderExcluir
  5. Já no clima de estreia do documentário sobre o Raul (a partir desta sexta nos cinemas), relembro trecho da música "Palavras Rabiscadas":

    Por que que tanta honestidade no espaço se perdeu?
    Por que que o Cristo não desceu lá do céu e o veneno só tem gosto de mel?
    Por que que a água não matou a sede de quem bebeu?
    Por que que eu passo a vida inteira com medo de morrer?
    Por que que os sonhos foram feitos pra gente não viver?

    Bjs, Denise

    ResponderExcluir
  6. Tocáveis

    http://www.parana-online.com.br/editoria/policia/news/600756/?noticia=POLICIA+FEDERAL+PRENDE+INCITADORES+DE+CRIMES+DE+ODIO+NA+INTERNET

    ResponderExcluir
  7. O 'bispo' publicou Migliaccio em seu blog. E o público elogiou. Interpretação de texto do pastor e fiéis está mal. Drum

    ResponderExcluir
  8. isso é pior do que cair no golpe da mensagem premiada.kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. minha tia deposita todo mes 70 reais.

    ResponderExcluir