Translate

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Informe-se sobre o Brasil no exterior

Oooooh, mas que crise!

Jobim vai sair... Chamou a colega de ministério de "fraquinha". Pior, disse que ela está "gordinha". Os jornais e rádios do sistema monopólio fazem a festa. Morrem de rir.

Crise no governo! Mais uma! Sabe aqueles teatros de revista decadentes? Aquelas peças com piadas surradas em teatros mofados, com poltronas rasgadas e vazias? Atores com a maquiagem borrada...

O noticiário que se vê me parece isso. Um show requentado e sem imaginação.

E a "rede de corrupção" no Ministério dos Transportes? Ok, corruptos têm que ser demitidos e presos. Demitidos, já foram quase 30... É aquela história de como a imprensa age com amigos e inimgos: se fosse um político amigo dariam ênfase às punições (lembram do governador que saiu como herói de uma blitz da Lei Seca?).

Bom, tudo bem, o jogo é esse.

Mas eu gostaria de ler em jornais brasileiros, ou ver nas nossas emissoras, reportagens sobre a cultura predatória da soja em Mato Grosso e agora na Amazônia. O pior é que essa soja vai engordar os porcos das multinacionais de fast food. Ou seja, a cada Big Lanche Feliz que fazemos, devoramos uma pequena porção da floresta amazônica, e o molho é o sangue de algum brasileiro expulso de sua terra pelos grandes grileiros.

Tive que aprender isso num documentário estrangeiro, porque se dependesse do nosso teatro de revista...

6 comentários:

  1. Sr. Marcello! Moro na Europa e nao se fala na "faxina" da Dilma, nem quando o desmatamento diminui. Quando há reportagens sobre o Brasil sao TODAS negativas, sejam sobre violência, desmatamento, índios, pobres, etc...Eu chego a crer que nao há nada de bom aí, embora saiba que há muita coisa boa no Brasil. Você acredita que aqui na Alemanha nao há merenda gratis nas escolas? Nao há vale transporte para escolares e idosos? Também conheci muitos pontos negativos do Brasil, que nao é comentado no país. Mas o exterior procura exatamente isto! Quer conhecer o Brasil pelo lado negativo, assista à reportagens do exterior! O que me impressiona é que o que mais interessa a nossa imprensa é falar sobre fofocas e crimes. Ligue a TV:mortes, homicídios, assaltos, tudo ao vivo, de helicóptero, com zoom e tudo! Um dia a Record repetiu os gritos e um tiroteio numa favela do Rio 16 vezes! O povo fica colado! Quanto á política, cobrar dos governos, economia, NADA! O povo é burro politca e socialmente, mas sabe tudo das novelas e dos assaltos! Aqui em Berlin, já foram queimados mais de 100 automóveis, por vândalos, mas a gente quase nao ouve nada. Aqui concentram-se na política demais! Exatamente o oposto do brasileiro. Mas só assim é que se cobra uma educacao melhor, saúde melhor, seguranca no trânsito,etc...Com 50 mil mortes no trânsito, ninguém protesta, ninguém reclama por causa da impunidade...Muitos estao é no baile Funk...Quanto a Dilma, achei correto, pois quem quer dividir o Governo, tem que sair!

    ResponderExcluir
  2. Caro anönimo da Alemanha, quando recomendo que o brasileiro se informe sobre seu país com estrangeiros, refiro-me a documentários independentes e não às grandes agências de notícias internacionais, que, assim como as grandes empresas de mídia brasileiras, mais politizam e deformam do que trabalham de forma isenta. Um abraço. A mídia é sempre um braço do poder financeiro, inclusive na Alemanha. Pagando até pela merenda de seus filhos na escola, muitos alemães devem ter saudade do lado bom do comunismo... um abraço

    ResponderExcluir
  3. Marcelo, obrigado pelo convite.Quanto a demissão do Fanfarrão foi ótimo,o PIG late e a mineirinha vai só comendo pelas beiradinhas. Dá-lhe Dilma ,70% de aprovação.

    ResponderExcluir
  4. Bela troca essa que a Dilma fez no ministerio da defesa. Sai o grandalhao chegado a um nhem nhem nhem e entra o maior diplomata brasileiro, que como ministro nao abaixou a cabeca para ninguem. Certamente sabera se impor tambem aos 'bolsonaros' das forcas armadas. Nesse caso, e como diz o ditado: quanto maior o pelego maior o tombo!

    ResponderExcluir
  5. Cá entre nós, Alexandre, Jobim sempre foi um belo de um tucano. Celso Amorim foi uma excelente escolha.

    ResponderExcluir
  6. Jobim deu uma de gaúcho macho tchê, que não aceita ser mandado por mulher, e resolveu despejar seu complexo machista encima de 2 colegas de SC e PR. Ja foi tarde!
    Engraçado o que o Anonimo Europeu fala. Isso não é novidade pra ninguem que a midia em todos os países do mundo só veicula noticias ruins. Eu tb ja morei na Alemanha por alguns anos, mas no fundo eu notava que eles tem mesmo é inveja do brasileiro (embora procurem disfarçar isso), principalmente quando eu dizia no meio daquele tempo louco e frio que a qualquer momento eu poderia voltar para casa e deitar numa praia e curtir um solão.
    Portanto A pergunta que não quer calar nunca: porque para a midia mundial só noticia ruim é noticia ?
    Marcelo, me permito uma sugestão para vc como jornalista pesquisar esse Porque a fundo.

    ResponderExcluir